Travamento de porta giratória em agência bancária

Parecer emitido pela Exma. Dra. Adriana Domingues OAB.SP – Advogada Especialista em Direito do Consumidor  –  aad302001@yahoo.com.br

——————————————————————————————————————————————————————

Indenização por dano moral: – Antes de adentrarmos ao mérito, necessário se faz tecermos algumas considerações a respeito do que vem a ser “dano moral”.

Dano Moral é toda dor derivada da violação de um bem jurídico tutelado, que não tem repercussão na esfera material, ou seja, não atinge o patrimônio do ofendido. – Assim, pode ser compreendido no dano moral todos os transtornos, sentimentos negativos, revolta, indignação, vergonha, abalo de crédito, bem como tristeza, desgosto, depressão, enfim, qualquer sentimento negativo, diretamente derivado de uma conduta ilícita.  

Em seu aspecto doutrinário, reportamo-nos ao eminente Professor Carlos Alberto Bittar, que, assim, nos ensina:- “Danos morais são lesões sofridas pelas pessoas físicas ou jurídicas, em certos aspectos de sua personalidade, em razão de investidas injustas de outrem”.

São aqueles que atingem a moralidade e a afetividade da pessoa, causando-lhe constrangimentos, vexames, dores, enfim, sentimentos e sensações negativas.

Contrapõem-se aos danos denominados materiais, que são prejuízos suportados no âmbito patrimonial do lesado. – Mas podem ambos conviver, em determinadas situações, sempre que os atos agressivos alcancem a esfera geral da vítima, como, dentre outros, nos casos de morte de parente próximo em acidente, ataque à honra alheia pela imprensa, violação à imagem em publicidade, reprodução indevida de obra intelectual alheia em atividade de fim econômico, e assim por diante”. (in Reparação Civil por Danos Morais – publicado na Revista dos Advogados, nº 44, out/94, p. 24)-(grifos nossos).

A Fixação do dano moral fica a critério do juiz, que para a sua valoração se utiliza de alguns critérios, quais sejam: Gravidade da conduta; Extensão do Dano; Condições peculiares de quem recebe e de quem esta obrigado a pagá-la; Valor capaz de amenizar o sofrimento e dor do ofendido e por fim não ser fonte de enriquecimento do ofendido.

Assim, feitas estas singelas considerações, temos que nos dias atuais, diante dos inúmeros assaltos a agencias bancárias, as portas detectoras de metais servem para elidir a entrada de armas, dificultando, assim, a ação de criminosos e conseqüentemente proteger a sociedade.

Desta forma, compete aos responsáveis pela segurança de agências ou postos bancários, zelar pela segurança dos consumidores, sendo válida e legal a abordagem para averiguação quando a porta é travada.

No entanto, inadmissível é que após a abordagem e reunião de elementos suficientes para a constatação de que o indivíduo não se trata de um criminoso, a porta detectora de metais se transforme em um instrumento para a satisfação da vaidade pessoal, de alguns agentes de seguranças, de forma a colocar pessoas de bem em situação de vexame e constrangimento, na grande maioria das vezes sem qualquer razão plausível.

Assim, é cada vez mais corriqueira a propositura de ações de indenização por danos morais, propostas por pessoas que foram levadas a situações de total vexame e constrangimento, em razão de serem impedidas de adentrar no recinto mesmo após se despojarem de todos os pertences pessoais.

Somente para se ter idéia do abuso de direito praticado por alguns agentes de seguranças, prepostos de agências e postos bancários, recentemente um cliente tentou adentrar em um posto bancário para efetuar o pagamento de um título, quando foi barrado pelo segurança. Referida pessoa informou ao segurança que era portador de um pino metálico, em sua perna, em razão de uma recente cirurgia, tendo se despojado de todos os seus pertences, inclusive, mostrando o local da recente cirurgia.

Não obstante, mesmo o segurança estando de posse de elementos suficientes de que não estava diante de um criminoso, continuou a impedir a entrada do cliente no posto bancário, obrigando-o a chamar uma viatura policial, para somente com a sua chegada poder adentrar no posto bancário, o que demonstra o total despreparo de uma pessoa encarregada pela segurança de um posto bancário. (Processo nº. 583.11.2003.007286-3, que tramita perante a 4ª Vara Cível do Foro Regional de Pinheiros/SP), cópia do R. Acordão abaixo transcrita.

É pacifico o entendimento de nossos Egrégios Tribunais de que a adoção de medidas de seguranças pelas agências bancárias, tem como objetivo primordial zelar pelo patrimônio e segurança de seus clientes, sendo que a instalação de portas detectoras de metais não pode servir de meio para colocar o consumidor em situação de vexame e constrangimento, ou seja, não poder ocorrer desvio de finalidade, conforme se comprovam pelo teor dos mais recentes julgados, a seguir transcritos.                 

Desta forma, o consumidor que foi abusivamente submetido a situações de abuso de poder, sendo colocado em situação vexatória, com inevitável constrangimento ilegal, pode e deve procurar o Poder Judiciário para obter a devida reparação, em razão dos danos sofridos, podendo procurar o Juizado Especial de Pequenas Causas ou um advogado de sua confiança.

A seguir pedimos vênia para transcrever a ementa do V. Acórdão exarado nos autos do processo patrocinado por nosso escritório, a qual o tema foi brilhantemente abordado pelo Eminente Desembargador Dr. Ariovaldo Santini Teodoro, Relator do Recurso de Apelação nº.  486.115.-4/5-00, tendo como Apelante R. A. D. e Apelado B.B S/A, bem como outros  recentes julgados de nosso Egrégio Tribunal de Justiça de São Paulo: “Responsabilidade Civil. – Banco. – Usuários dos serviços impedidos de entrar na agência bancária. – Travamento da porta de segurança. – Preposto do estabelecimento que se recusa a solucionar o impasse. – Vítima que não consegue ingressar no estabelecimento nem mesmo esclarecendo ser portadora de prótese metálica na perna direita. Auxílio solicitado à polícia.  – Conduta ofensiva e arbitrária do preposto do banco. – Dano Moral inegável. Ressarcibilidade assegurada.

Indenização consentânea com a gravidade da ofensa e o porte econômico da instituição. – Recurso provido. – Isto posto, julgo procedente a ação e condeno o apelado a pagar ao apelante indenização por dano moral no equivalente a 50 salários mínimos, valor vigente à época do efetivo pagamento, com juros moratórios a partir do evento danoso, além das custas judiciais e honorários advocatícios de 15% sobre o valor atualizado da condenação. – Para assim decidir dou provimento ao recurso”.

Recentes julgados a respeito de casos análogos:

DANO MORAL – Responsabilidade civil – Autora que foi impedida de entrar em estabelecimento bancário devido ao travamento da porta giratória, mesmo acompanhada por policiais militares. – Adoção de medidas de segurança para seus clientes, pelas instituições financeiras, que não devem expor os consumidores a situações constrangedoras ou humilhantes – Danos morais configurados – Indenização devida – Recurso provido. (Apelação cível n. 377.961-4/5-00 – São Paulo-9ª Câmara de Direito Privado – Relator: Sérgio Gomes-18.09.07-V.U.-Voto n. 7.547)

DANO MORAL – Responsabilidade civil – Travamento de porta giratória, impedindo a autora a adentrar nas dependências da agência bancária – Fato que por si só não induz à indenização – Hipótese, porém, que os constrangimentos que a autora passou, decorrentes da atitude dos funcionários da instituição bancária, foram comprovados – Ausência de demonstração, por parte do banco, de fato impeditivo, modificativo ou extintivo do direito da autora – Recurso não provido. (Apelação cível n. 1.005.397-9 – São Paulo – 14ª Câmara de Direito Privado – Relator: Mário de Oliveira – 27.06.07 – V.U. – Voto n. 3063).

DANO MORAL-Responsabilidade civil-Instituição financeira – Travamento em porta giratória de banco-Consumidora que se descontrolou e se despiu na porta da agência bancária – Constrangimento – Caracterização – Ausência de atendimento adequado após os fatos-Dano moral configurado-Dever de indenizar-Recurso provido. (Apelação Cível com Revisão n. 366.124-4/0-00-Comarca de São Paulo-8ª Câmara de Direito Privado-Relator: Caetano Lagrasta – J. 13.06.2007-V.U.-Voto n 14.830).

DANO MORAL – Responsabilidade civil – Instituição financeira – Travamento de porta giratória detectora de metais – Autora não autorizada a ingressar em agência bancária – Ausência de explicação razoável para tanto – Pessoa portadora de deficiência física, necessitando do uso constante de muletas para locomover-se – Discriminação e humilhação caracterizadas – Estabelecimento que, ademais, dispunha de porta especial para deficientes físicos – Comprovação – Dever de indenizar as vítimas, em face da abusividade do exercício de direito – Responsabilidade do banco e seus funcionários evidenciada – Culpa “in eligendo” – Indenização – Redução da verba – Necessidade – Incidência de correção monetária a partir do ato lesivo, incluídos os juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês, contados da citação – Recurso parcialmente provido. (Apelação Cível n. 7.102.963-9 – Comarca de São Paulo – 17ª Câmara de Direito Privado – Relator: Tersio José Negrato – J. 23.05.2007- V.U. – Voto n. 17.659)mas

DANO MORAL – Indenização – Travamento de porta giratória em estabelecimento bancário – Hipótese em que foi o autor obstado de ter acesso à agência pelos próprios funcionários do banco-réu, além de ter que entregar o cheque que fora descontar, tendo o gerente ligado para o emitente para confirmar sua emissão – Constrangimento moral e humilhação caracterizados – Indenização devida – Recurso provido nesse sentido (Apelação Cível nº 470.643-4 – Cubatão – 5ª Câmara de Direito Privado – Relator: Silvério Ribeiro – 06.12.06 – V.U. – Voto n. 13.370).

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

70 respostas para Travamento de porta giratória em agência bancária

  1. Ola,

    Hoje aconteceu comigo, tenho somente 01 (uma) hora de almoço, fui ao Banco do Brasil (Agencia Cordeiros Itajai ) e fui impedido de entrar porque estava com uniforme de trabalho e meu sapato possui biqueira de aço o que travou a porta, so fiquei indgnado porque me propuz a ser revistado, cheguei a tirar o sapato, porem tbm nao me deixaram entrar descalço, alegando que era proibido entrar descalço no banco, olhei por todo lado e nao percebi nenhuma identificação alertando quanto ao uso de metais e muito menos quanto a entrar descalço na agencia.
    Quando ameacei chamar a policia, o gerente apareceu, (diferente do que haviam me informado que deveria trocar o calçado ou voltar outro dia) conversando com o gerente ele disse porque eu nao era cliente passava por essa situação, porem exigi que alguem entrasse e realizasse o pagamento do meu boleto, uma funcionaria do banco entrou com o dinheiro e meu boleto e fez o pagamento, fiquei a lado da porta aguardando a autenticação e o troco.

  2. isabel diz:

    muito bem,senhoras e,senhoritas,vejamos como vcs reclamam dos seguranças bancarios,que estão apenas cumprindo ordens, que cuidam dos patrimonios bancarios como outros,se vcs querem saber naõ são os vigilantes que travam as portas elas travam por conter metais por isto travam, os seguranças apenas destravam, vcs ficam contrangidas por querem: bancos possem armarios e as pessoas deveriam ser mais civilizadas no aereporpo vcs não reclamam,pois lá vemos até suas calcinhas se tiver metais então carreguem,menas bujigangas,, emais educaçaõ e disso que o brasil prescisa, sou uma vigilante bancaria e fico hororizada com tanta falta de educaçaõ estamos lá para trabalhar vá xingar os gerentes que passam ordem nos apenas cumprimos…………

  3. josiane diz:

    Hoje fui a uma agência bancaria e advinha só: fiquei presa na porta girátoria. Retirei todos os pertences da bolsa e nada. Antes de chegar ao limite da porta, o alarme já estava apitando.
    Tive que chamar a gerente e ainda assim ela pediu – me que olhasse a minha bolsa.
    Me senti constrangida, ttive que esvaziar a bolsa e todos os clientes do banco ficaram me olhando como se eu estivesse cometido um crime.
    Entendo os osbjetivos de se ter uma porta girátoria com sistema de alarme e tudo mas, é para proteger o cliente de bandidos ou proteger o cliente dele mesmo?

  4. Francisco diz:

    A porta giratória é uma segurança para todas as pessoas que ali entram e trabalha.As mulheres vão para o banco só falta leva toda a casa.Ainda querem ter direto de fala sobre porta giratória.OBS: Tanto homens como mulher, se você sai de casa para o banco sabendo que lá tem porta , por que leva tanta coisa de metal.Depois na chora. Brasileiro só briga por coisa que não vale nada.Em Brasilia tem assalto todos os dias niquem faz nada.

  5. Ana Duffrayer diz:

    Raquel. Quando disse que estão bilhionários, é obvio que me referi aos banqueiros, e não aos bancários.
    Até porque durante 4 anos fui bancária. Estão passando dos limites. Como coloquei anteriormente, já passou da hora dos banqueiros investirem nas esteiras, como no predio da Justica/RJ. Dinheiro para isso garanto que não falta!!

  6. Estela Campos diz:

    O tal vigilante Henrique que postou em 25/02 não tem condiçoes mesmo de corrigir letras…rsrs…escreve muito mal..rsrs…pessoas mal preparadas emocionalmente fazem parte deste exército de vigilantes…pessoas que qdo recebem um pouco de poder aproveitam da situação, sem a menor educação, do qual são na sua maioria, totalmente desprovidos. E como se fossêmos culpados destilam em nós sua falta de sorte na vida…falta de educação e tudo mais. Eu sempre trato todos com respeito, e apesar de não fazer, todos temos o direito de carregarmos o que quisermos na bolsa, somos livres…não é um vigilante mal pago que vai me dizer o que devo carregar ou não na minha bolsa.

  7. Estela Campos diz:

    Hoje fui ao Banco do Brasil, na agencia mais próxima, onde costumo ir sempre, pois a minha é longe, e uso sempre a mesma bolsa, com a qual entro sem problemas na agencia do Banco Itaú, Bradesco, e todos outros que ja entrei com a mesma. E, hoje, pra minha surpresa naum pude entrar no Banco do Brasil, pq minha bolsa travava a porta, e aqueles agentes de segurança se sentem o máximo qdo podem barrar alguém. Como se quando bandidos de verdade querem entrar eles servissem pra alguma coisa. É uma afronta nós passarmos por estes constrangimentos, não sou contra portas, mas uma vez provado que naum porto armas, acho que deveriam ter o minimo de respeito e permitir a entrada. Desisti de fazer o que tinha de fazer no BB, e fui no Bradesco. A funcionária vendo o interior da minha bolsa ainda assim não me permitiu entrar, não sou obrigada a deixar meus pertences em armário externo, sou cliente do banco, exijo ser tratada com o respeito que me é devido.

  8. Ítalo diz:

    Confesso que não entendi. Somente foram usados como exemplos, mulheres com bolsas. Fui barrado mesmo após retirar relógio, celular, chaves do veículo, cinto, óculos, não tenho marca-passo, pinos metálicos etc. Ainda assim fui barrado. Será senhores que o controle de quem entra ou não na agência depende somente do metal. Alguém está mentindo. Já mantive contado com vários vigilantes e todos sem exceção informaram que, o controle que possuem nas mãos libera ou bloqueia o acesso dependendo do comando dado. Desta, forma, independente de deixar os objetos metálicos e não portar pinos etc no corpo, se o vigilante achar o cidadão “suspeito” pode sim barrar o seu acesso. O termo “suspeito” soa muito subjetivo, alguém pode afirmar o que é suspeito. Fui vítima, como já disse, a única parte metálica que estava comigo foi o botão da calça e, para provar que não possuía mais nada, a retirei, provavelmente devo ter satisfeito aos desejos sádicos daquele que detinha em suas mãos o poder de liberar ou não a minha entrada. Surpreendentemente, após a chegada do funcionário do banco, a porta abriu-se como o mar se abriu para Moisés. Na minha opinião, deveria haver máquinas de raio-x que possibilitassem a verificação das bolsas e, a possibilidade deste mesmo mecanismo para aqueles que fossem inicialmente barrados no detector de metais, outra sugestão, seria a utilização de detectores manuais que possibilitasse identificar exatamente onde está o metal. Taxar a maioria dos clientes de suspeitos quando barrados nas portas, e expô-los a excessos de “revistas”, no meu entendimento é Abuso de Direito. Seria muita pretensão de minha parte, com este texto agradar a todos, por isso peço desculpas aos que discordam.

  9. Rosi Santos diz:

    Olha eu gostaria de deixar registrada aqui a minha indignaçao com a CAIXA ECONOMICA FEDERAL DE CAMBORIU SC. Hoje pela segunda vez me senti muito constrangida, tenho uma conta nao caixa a um ano, e a exatamente um ano atraz passei pelo mesmo constrangimento, ou seja a porta giratória me barra, mesmo eu tendo deixado tudo do lado de fora, a um ano atraz depois de sete vezes abriram a porta pra mim, entrei com contato com a ouvidoria, me pediram mil desculpas e ficou por isso mesmo.
    Hoje voltando la para apenas cadastrar uma senha pra poder movimentar minha conta atravéz do caixa eletronico, mais uma vez aconteceu a cena se repetiu, tirei tudo so faltou eu retirar meus dentes pois tenho duas pontes na boca, meu marido estava junto e falei a ele, entra voce, e ele entrou com chave do carro oculos no bolso cinto, e mais os dentes que tambem sao móveis, DEUS o que significa isso?
    Ai a gerente alegou ser minha bolsa, e falei é só a minha bolsa que nao entra no banco? todas as mulheres que estavam la estavam de bolsas, entao a minha veio de outro planeta, depois de uns 10 minutos ou mais, abriram a porta pra eu entrar, só que entrei sem bolsa pois a gerente ficou com minha bolsa, e foi ai que pedi a ela, ENTRA VOCE COM A MINHA BOLSA, se o problema era a bolsa, só que ela entrou e a porta nao barrou, porque? Sera que alguem poderia me ajudar com algum conselho sobre o que devo fazer? Ela me falou assim, eu sou GERENTE, ahhh sim eu respodi, e eu sou CLIENTE, entao quer dizer que ela como cliente pode entrar com a minha bolsa? e com tudo dentro, mas eu nao pude entrar com a bolsa vazia?
    Qual a explicaçao pra um constrangimento desse? Alguem me ajude e me diga o que devo fazer?

  10. Gzaparolli@hotmail.com diz:

    Só para concluir outro colega acima disse que o BB, não é uma bosta porque tem 203 anos, talves ele tenha razão, talvez seja um balde inteiro ou um tambor ou um Caminhão BAÚ… E daí que tem 203 anos a Dercy Gonçalves tinha mais de 100 e nem por isso deichava de ser um M…..

  11. Gzaparolli@hotmail.com diz:

    Creio que exista um meio mais fácil, menos doloroso para as partes, pois é sabido que todos os bancos possuem seguro. qdo são assaltados nada perdem, inclusive até ganham pois o valor roubado quase sempre é menor do que o apresentado para seguradora. que por sua vez exige esses tópicos de segurança… Caro colega bancário assima escreveu que se sente mais seguro, porem sua segurança nada tem a ver com o prestigio dele junto ao banco, o banco não esta nem ai se ele vai se ferir , esse sistema de segurança é somente para baratear mais o seguro… Outra colega assima escreveu que todo o dia se depara com clientes insatisfeitos, porem ela esta la para isso , ganha bem ou mal para isso, se ela fosse a faxineira da agencia não teria esses incomodos… Ora essa esta se invertendo os valores, ela que deveria ficar insatisfeita com os clientes??? ela deveria reclamar que eu fui fazer um depósito segunda-feira sendo que para ela eu teria que fazer só na quarta… E eu não posso reclamar de esperar 1 hora para ser atendido, vendo o gerente fazendo negociatas e macaquises, perto das mocinhas… Quem é o cliente eu vc Madame???? Pegamos senhas com Horários atulterados, aguentamos esses gerentes que parecem BONECÃO DE OLINDA. Acrescentando limites e taxas sem nos consultar, empurrando seguros de vento, onde voce só é contemplado se ventar a mais de 150 k/h..

  12. Henrique diz:

    Parabens a todos as pessoas que aqui deixaram seus recados…
    Eu sou vigilante e li muito bem o q disseram ali a cima
    como ate um senhora que diz nao ser professora de portugues
    ohhhh parabens…
    cada um tem uma sorte na vida …
    a de quem e vigilante sab com e duro manter a integridade fisica e moral nas agencias
    bancarias ,independente do tamanho do porte da agencia,seja ela grande como um renomado e poderoso banco do brasil, como pequenos bancos particulares ,municipais e regioes
    Eu nun estou aqui para defender letras erradas nao ou subpostas nao ,pela caligrafia brasileira correta
    tou aqui para defender o direito do VIGILANTE …
    eu facil falar sobre as pgdm nun e ?
    vai com uma bolsa cheio de bugigangas la dentrop para ver ,celulares ,joias,sombrias cigarros ,etc etc e etc…
    E claro q ela vai travar
    as vezes a pessoas e tao ignorante que se alto-discriminam.
    dizem que tiram tudo de dentro da bolsa ,sera ?
    pior q quando vc ve ela tirando tudo ai vai passar na pgdm e trava
    serao q sao inocentes assim ?????
    so pode porque para uma bolsa de grande porte como elas vao as agencias bancarias
    somente uma haste,aro,argola nun emporta o nome.sao feitas de metal
    ai depois disso as mais ignorantes dissem (sera q eu vou ter que ficar pelada aqui )
    pq tanta ignorancia em minha gente
    estamos ali para manter a segurança do local
    parabens Alexandre ,Gabriel ,Raquel, Eliezer…
    sei como vcs se sentem, eu sou vigilante…
    agora vc ficar escutando barbaridades como aonde q eu pego a senha ,libera p mim entrar ,e mais 10000 de asneiras ???
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    q isso ne ???
    olha vou confessar q estou nesse ramo a pouco tempo,mais ja tenho experiencia de sobra
    sou muito culto,vejo jornais ,acesso a internet e sempre vejo falar algo ruin sobre a pgdm
    para começar vcs todos ai sabem o q significa a palavara EMPATIA ??
    com certeza nao ne ???
    hahaa
    ento vou ajudar vcs
    significa se colocar no lugar de outra pessoa
    imagina uma mulher com uma bolsa GIGANTE se imaginando ser vigilante???
    ta certo nun e o melhor, nen o pior serviço do mundo , mais fica la em pe o dia todo .escutando asneiras ,baixarias,pessoas q passam nen olham p vc e q se acham ,etc…
    esse dias aconteceu 2 cenas nao digo ineditas p mim nao ,mais q eu tive q responde-las claro educadamente
    1 uma senhora tentou passar pela pgdm 4 x .todas as vezes ela foi barrada, fui la no interfone e disse p ela colocar sua bolsa bi armario de pertences.
    tudo bem ela deixou e passou normalmente
    ai como eu tenho um previlegio de trabalhar sentado o dia todo ,pela dura carga horaria das 08:00hs as 19:00hs eu estava sentado
    rsrssss
    ai ele passou e me disse assim
    -TEM E Q MANDAR RANCAR ESSAS PORCARIA DAQUI,PRESTA P NADA
    ai ela se sentou pouco na minha frente .
    eu me levantei fui la onde ela estava ,(a agente estava totalmente lotada) e disse p ela
    -A SENHORA DISSE Q E PARA RANCAR ESSA PORCARIA DAQUI ???
    PENSA AQUI JUNTO COMIGO ,TEM UM SUSPEITO LA FORA AI
    NA SEGUNDA FEIRA A SENHORA VEM ,A PORTA TRAVA MAIS EU A LIBERO
    AI NA QUARTA FEIRA A SENHORA VOLTA E TEM UM SUSPEITO OLHANDO DE NOVO
    SUPOSTAMENTO A MESMO
    E EU TORNO A LIBERAR
    AI NA SEXTA FEIRA DE NOVO A SENHORA VOLTA ,AI ESSE SUSPEITO TE RENDE DE FORA DA AGENCIA BANCARIA
    AI A SENHORA CHEGA PERTO DA PGDM ,EU LIBERO ,AI ENTRA ESSE SUSPEITO NORMALMENTE, ELE PEGA A SUA BOLSA E A PISTOLA
    SEGUIDAMENTE E ME RENDE ,ME MATA E MATA TODOS .ROUBANDO A AGENCIA
    O QUE DEVO FAZER EIH
    ???????
    ela saiu de perto de mim com uma cara espantada e foi p fila,todo mundo olhando p mim,
    eu muito afirmativo das palavras q disse a ela me sentei como se nada tivesse acontecido
    2
    ontem foi um senhor de aproximadamente 45 anos a agente bancaraia na qual eu estou trabalhando
    como sou eu de vigilante ele foi me queixar q tinha visto em jornais q iriam acacabar com as PGDM. e eu disse isso mesmo acabar. olhei para ele e disse e mesmo ,que legal..
    assim os bandios podem entram ate de golf aqui dentro
    eu disse para ele q poderiam fazer isso mesmo cxom 3 condicoes
    1 igualar nosso salario aos agentes penitenciarios ,ja q tem varios q eu sei q ne siquer tem o curso de vigilante,apenas passam e provas e bla ,bla bla…
    2 mudar os armamentos de um revolver calibre 38 para pelo menos uma pistola calibre 380
    3 ja q o porte de armas e tao dificil assim ,nao digo dar de graça ,mais pelo menos facilitar ele para os vigilantes
    grato as todos os vigilantes do brasil
    que deus os blindem contra todos os males decorrentes do trabalho

  13. flavio diz:

    SÓ QUERIA QUE ESSAS PESSOAS QUE RECLAMAM DOS SEGURANÇAS TRABALHASEM UM DIA NA PORTA GIRATORIA;PRA ELA SENTIREM A RESPONSABILIDADE QUE É ISSO…QUE ELAS NAO ESQUEÇAM QUE QUANDO O BICHO PEGA AI SIM PENSAM NOS VIGILANTES.

  14. gabriel gimenes diz:

    Sou vigilante bancario aqui no Rio Grande do Sul, digo a vocês que a vigilancia muitas vezes são responsabilizadas por assaltos em agências bancarias, sendo q tem cameras sempre observando agente e os clientes, toda e qualquer liberação da porta eletronica é questionada, nós somos sempre questionados por liberar clientes, mais em casos de bolsas é simples, ou tira oq tem de metal dentro dela e se continuar apitando mostra ela para o vigilante, ou será barada na porta, hoje o santander tem um sistema de armario, o cliente pega uma chave de armario, e coloca suas coisa como bolsa. mochilas, guarda chuvas etc q possa trancar na porta e entra normalmente, depois disso raramente alguem é barado na porta.
    sou vigilante do bradesco e posso dizer q na minha agencia estamos sempre tendo estes problemas mais a diferença é a didatica q vc adota com o cliente.

  15. Raquel diz:

    Adriana dutra NINGUÉM QUESTIONA A SUA HONESTIDADE, NÃO SERIA MELHOR TER DEIXADO ESTA BOLSA NO GUARDA-VOLUMES PARA EVITAR O VEXAME?

  16. Raquel diz:

    Ana Duffrayer, TRABALHO NO BANCO HÁ 5 ANOS E ATÉ AGORA NÃO SOU MILIONÁRIA!! O QUE DÁ DINHEIRO PARA O BANCO SÃO JUROS DE EMPRÉSTIMOS, TARIFAS, IOF… SE O BANCO ROUBASSE DOS CLIENTES, NÃO TERIA LICENÇA PARA FUNCIONAR! ENGRAÇADO COMO VOCÊS PODEM VOMITAR PALAVRAS SOBRE NÓS, ACHAREM-SE INJUSTIÇADOS!! SOFREMOS ESSE DANO MORAL TODOS OS DIAS, VOCÊ VEM AO BANCO UMA OU TRÊS VEZES NA SEMANA PARA ACRESCENTAR ESTE DANO! É JUSTO NÓS, BANCÁRIOS E VIGILANTES, SOFRERMOS TUDO ISSO PORQUE VOCÊS SE RECUSAM A SER CIVILIZADOS?? VOCÊ NÃO FOI TRATADA COMO ANIMAL, PORQUE A MAIORIA DELES SÃO OBEDIENTES!

  17. Raquel diz:

    “MESMO COM A PRESENÇA DA POLÍCIA MILITAR NA AGÊNCIA , ELA NÃO TEVE O BOM SENSO , O JOGO DE CINTURA , A POSTURA PROFISSIONAL E PSICOLÓGICA QUE O CARGO DELA NECESSITA PARA LIBERAR A MINHA ENTRADA NA AGÊNCIA.”

    Um gerente NÃO PODE ter esta atitude quando o assunto for NORMAS A CUMPRIR!
    JOANA MARA CORRÊA, se a gerente for te ajudar, quem irá ajudá-la quando o pedido de informações do porquê não cumpriu a NORMA vier sobre ela? Esta gerente ralou muito para chegar a gerência, você acha que arriscará o cargo dela para passar por cima de uma norma? Policiais em serviço podem entrar na agencia mesmo com arma, eles estão lá por algum motivo, e eles não podem passar por cima da NORMA do BANCO CENTRAL DO BRASIL!! A NORMA não prevê que o funcionário ou o segurança selecione quem irá passar pela porta, não é vaidade! Não precisava fazer todo esse vexame, você se expôs, se é norma TEM que cumprir, porque não simplesmente aceita a norma! A NORMA não aceita bom-censo! Você se expõe assim nos aeroportos também? ENTENDAM que os Bancos possuem a NORMA a ser cumprida e quem faz cumprir é o Banco Central do Brasil, você não tem que lutar contra a gerente nem contra o segurança… Precisa aceitar! Se a porta está travando é porque tem metal ainda!! VOCÊS SABIAM QUE CARTELAS DE REMÉDIO, ESPELHOS, BATONS COM ESPELHO OU METAL, CABO USB, CARREGADOR, ESPIRAL DE AGENDAS… UMA INFINIDADE DE ITENS QUE PODERIAM FICAR EM CASA NO SEU DEVIDO LUGAR, TRAVAM A PORTA? SE VOCÊ SABE QUE A PORTA GIRATÓRIA DETECTA METAIS, DEIXE EM CASA ESSES METAIS, BOTA COM METAL, SAPATOS COM METAL, BOLSAS CHEIAAS DE METAIS, JÓAIS… FRANCAMENTE JOANA MARA CORRÊA, VOCÊ PRECISA LEVAR SUAS JÓIAS QUANDO VAI AO BANCO? E OUTRA, NÃO É CULPA DO BANCO O CARTÃO NÃO TER FUNCIONALIDADES! A EMPRESA QUE FABRICA MILHAAAAAAARES DE CARTÕES POR DIA PODE OCORRER ERROS, É NORMAL. EVITE FILAS, EVITE CONSTRANGIMENTO, UTILIZE ALTERNATIVAS, SE VOCÊ TIVESSE A SENHA DA INTERNET NEM PRECISARIA IR A AGENCIA SE EXPOR DESTE JEITO, SE TIVESSE A SENHA DO TELEFONE PARA TRANSAÇÕES NÃO SE EXPORIA DESSE JEITO!! PESSOAL, PORTA-GIRATÓRIO É MEDIDA DE SEGURANÇA, PARA VOCÊ E PARA OS FUNCIONÁRIOS! PAREM DE RECLAMAR E ENTENDAM A NECESSIDADE DE TER SEGURANÇA!!!!

  18. Samantha diz:

    Vocês já perceberam que ficar chingando ou reclamando não resolveu? A porta ainda está presente em todos os bancos! Então se eu não concordo com as normas do BACEN tenho que ficar chingando? Procurem saber sobre esta medida de segurança, para que serve, por que surgiu, qual a norma… Ao invés de ficar falando que o banco é uma bosta! O Banco do Brasil não é uma bosta! É o maior banco do país e tem 203 anos! Uma bosta não vive 203 anos! FATO!!

  19. Samantha diz:

    À ivete teixeira da silva, você define a porta giratória como um ser vivo, pois a porta liberou, mesmo usando uma abraçadeira… Não é discriminação, não! A porta poderia estar desregulada, só isso e não detectou o metal!
    “Uma pessoa não conseguiu entrar no banco porque tinha metais na bolsa ou na porque a bota tem metal.. QUE HUMILHAÇÃO!!!!” Então todos nós passamos tbm por essa humilhação nos aeroportos!!! Vocês já pensaram que não é facultado ao Segurança ou ao Funcionário liberar a passagem? Nenhum funcionário quer comprometer o emprego! Entendam que isso é mera norma de segurança! Bonito seria se não tivesse essa medida e o banco fosse alvo fácil de bandidos! Aí sim todos teríamos do que reclamar!! Arriscar levar uma bala na cabeça porque nos recusamos a retirar os objetos de metal das bolsas e dos bolsos! TOMEM CUIDADO, SE O MELIANTE PERSEBE QUE VOCÊ SEMPRE, SEMPRE TEM PROBLEMA PARA PASSAR NA PORTA GIRATÓRIA E MUITAS O FUNCIONÁRIO ACABA PASSANDO PARA NÃO TER MAIORES PROBLEMAS,, AÍ QUE É O ENGANO… O ASSALTANTE PODE TE RENDER E AMEAÇAR SUA FAMÍLIA SE VOCÊ NÃO ENTRAR COM A ARMA NA BOLSA!! TOMEM CUIDADO, GENTE! NÃO SÓ A VIDA DOS VIGILANTES E DOS FUNCIONÁRIOS QUE O BANCO PREZA, NÃO! É TAMBÉM A VIDA DE TODOS NÓS CLIENTES! Qual é problema de você deixar os objetos de metal em casa, para ir ao Banco? Por que arrumar briga com um vigilante só porque ele está cumprindo a norma? Nunca me senti humilhada por tirar os objetos de metal ao entrar no banco, senti-me segura e protegida! E se não tivesse a porta de metal? E aí? Será que conseguiríamos ir ao banco e voltar para casa com vida?

  20. meu marido saiu,do serviço hoje e foi ao banco para sacar dinheiro para pagar os funcionarios mas foi barrado na porta giratoria pois usava uma botina com biqueira de aço,ele so tinha o cheque em maos ,mostrou ao guarda a botina e ele nao o deixou entrar,entao retirou sua botina e pois na caixa de porta metais,e ia entrar descalço na agencia mas o guarda nao deixou,pediu entao para chamar o gerente e o guarda nao chamou,e ameaçou de chamar a policia para ele,afinal quem ta sendo lesado,constrangido,humilhado,o banco ou ele.Banco do brasil,da cidade de sao roque e uma bosta

  21. André diz:

    Caro Jorge Luiz Quintino!

    Desculpe, mas quero te dizer que atentado violento ao pudor não existe mais, pois foi revogado.
    E, ademais, não estava previsto no código civil, e sim no penal!
    Abs.

  22. ELIEZER diz:

    Infelizmente nós vigilantes temos que conviver com todo tipo de pessoas, existêm aqueles clientes super educados, que na verdade são a maioria, que entende que nós fazemos o nosso serviço, pois infelizmente muitos de nossos companheiros não voltam pra casa por usarem de bom senso, mulheres indefesas que passam pela porta giratória com uma arma, a porta trava e o vigilante pensa, a essa mulher não está com nada de errado, pode ser um celular, e entra e logo em seguida entra um vagabundo desarmado e pega a arma lá dentro e aí o que acontece? viúvas e filhos sem os seus pais.

  23. eu vejo que quem passa contrangimento e´so´o cliente o vigilante nao as vezes chega uns babacas falando alto com os vigilantes xingando . no meu ao ver tem que os bancos tirarem os vigilantes e por os caras que fez a lei ficar la´em pe´cuidando garanto que nao ia ficar nem um dia vivo ia ser auvos de malandro . o vigilante pode ser xingado humilhado ser palhaço dos clientes e´por isso que o brasil esta´assim e´gente passando as na cabeças . vejo que eles so´entender de segurança no papel

  24. Adriana dutra diz:

    Fui na agencia bancaria e como de costume já tirei o guarda-chuva e o celular e coloquei ao lado num porta objetos, e quando comecei a girar a porta ela travou falei que não tinha mais nada na bolsa somente documentos que eu iria utilizar, mas não teve conversa o guarda mandou que eu colocasse a bolsa em um armário fora da agencia. Só assim eu pude entrar.
    Isso não é justo somos cidadãos honestos!!!
    Quem é que vai parar as ordens orbitantes dessas agencias bancarias????

  25. vagner pereira da luz diz:

    só quem é vigilante sabe como é dificil estar nessa profissão, todos se acham no direito de bater na porta achando que agente deve liberar, não sabem a pressão que existe vindo do banco, da nossa empresa e até mesmo algumas normas da policia federal e agora aparece gente (advogados) de tudo quanto é lado querendo ganhar dinheiro com isso, em cima de indenizações, se as pessoas se sentem constrangidas porque não cooperam um pouco mais começando por deixar tudo o que de metal em casa, tem bolsas que tem mais metal que tecido ou couro e as donas querem reclamar falando que somos nos que não deixamos entrar por grosseiria mas elas não sabem que podemos até perder nosso emprego mas afinal isso não interessa para elas vai doer só no nosso mesmo, e sem contar que em umas dessas entradas facilitadas por nos pode ter um vagabundo mal intencionado cuidando tudo aí pode acontecer duas coisas bem indesejaveis; 1ª- ele pode querer se aproveitar da situação alegando que o vigia deixou a madame entrar e ele tambem pode aí da processo né! 2ª- o cara percebe que ela entra sem ser barrada na porta o que ele faz, simplesmente monitora ela descobre onde é sua casa seus familiares vai qualquer hora la bota uma arma na cabeça deles e manda ela ir ao banco com outra sem dar pistas aí entra o malandro pega a arma dela rende alguem e a merda ta feita não dona advogada vocês não pensam em tudo, não acha? É por isso que as veses agente parece ser grosseiro mas é para obem das pessoas não somos assim em casa.

    Obrigado pela atenção e desculpa qualquer coisa!

  26. gislaine diz:

    Não sou professora de português, nem mesmo acadêmica, mas me sinto no direito de manifestar minha opinião sobre o assunto, assim como todos. As agências bancárias, via de regra, possuem um mecanismo de segurança, que a cada dia expõe o consumidor a uma condição vexatória. É a denominada porta giratória bancária, no qual o consumidor é submetido a constrangimento em público, sendo obrigado a curva-se perante um vigilante ou funcionário do banco, que desconfia da aparência ou da raça do consumidor, obrigando este a exibir os seus pertences pessoais, sob pena de não permitir a entrada na agência bancária. O fato curioso é que este mecanismo de segurança não inibe ou mesmo evita os inúmeros roubos nos estabelecimentos bancários, demonstrando assim a ineficiência do sistema. Se as agencias tivessem razão de proceder dessa forma com seus clientes, não seria tão grande a demanda e condenações dos bancos a indenizar por procedimentos vexatórios, sem prejuízo dos danos patrimoniais. Resta demonstrado que a porta giratória bancária causa uma lesão ao consumidor, na medida que expõe o mesmo a situação vexatória sob a alegação da necessidade da segurança bancária. Não se concebe que os excessos praticados pelos prepostos do Banco sejam justificáveis em prol da segurança bancária, isto em pleno século 21. A Constituição Federal assegura ao cidadão o direito a dignidade humana e defende o bem estar de todos. Desarrazoado submeter o consumidor a vexame sob o argumento da necessidade da segurança bancária. Não se justifica mais a utilização meios arcaicos e “métodos de revistas”, sendo certo que os Bancos devem investir em busca de equipamentos modernos, adequados para a segurança dos consumidores e não minimizar a imagem do consumidor. É patente a discriminação que o consumidor sofre, submetido perante o vigilante que dá o comando para o ingresso na agência bancária. Traduz nesse sentido prática abusiva o fato de submeter o consumidor a procedimento vexatório, em razão do travamento da porta giratória ou mesmo o fato de despir-se perante o agente de segurança bancária, retirando pertences pessoais, chaves, etc., que não representam obstáculo para o ingresso na agência bancária. Acrescente-se que o consumidor possui a boa-fé, possuindo honestidade, devendo ser tratado com respeito e urbanidade, critérios fixados ex vi legis, não podendo ser considerado como “suspeito”.

    Não se questiona a ação preventiva de segurança, necessária em razão dos inúmeros roubos ocorridos em agências bancárias. Todavia, não se pode sacrificar o direito a dignidade em decorrência da falta de qualidade ou mesmo de competência dos bancos ou seus prepostos que tratam o consumidor com total descaso, antecipando uma imagem de marginal ao consumidor.

    O Código de Defesa do Consumidor, no art. 6, IV assegura como direito básico a proteção contra métodos comerciais coercitivos bem como práticas abusivas impostas no fornecimento do serviço, garantindo a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais e, que o art. 39, IV proíbe ao fornecedor de serviços prevalecer-se da fraqueza ou ignorância do consumidor, tendo em vista sua idade, saúde, conhecimento ou condição social, para impingir-lhe seus produtos ou serviços, não podendo exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva(art. 39, V); torna-se necessário o reconhecimento de que a porta giratória bancária constitui prática abusiva submetendo o consumidor a vexame injustificável, sou a favor do referido mecanismo de segurança, sou contra apenas, a praticar o constrangimento do consumidor.

    E, leia-se, atentamente, não estou generalizando a conduta dos vigigantes, como em todas as áreas, há bons profissionais sim!!!

  27. Alexandre diz:

    É sempre assim todos que vão ao banco não querem ser barrados pela porta Giratória e sempre quando a porta trava falam que já depositaram tudo que tinham com sigo na caixinha esse negocio de PRECONCEITO não existe se aporta trava não é o Vigilante que esta travando é o detector da porta que esta detectando o metal ! E para quem não sabe tem vários tipos de metais não existe só um tipo ! Eu sou vigilante bancário não entendo porque as mulheres andam com uma bolsa tao grande ou as vezes ate duas bolsas muitas das vezes eles nem sabem o que estão carregando dentro das bolsas pra que isso por que não dei-cham a bolsa no carro e pegam só o necessário para entrar no banco se sabem que todo estabelecimento bancário tem porta com detector de metais ! As portas giratórias passaram a ser obrigatórias por que as seguradoras dos bancos exigiram que os bancos tivessem portas e seguranças armados por que se não ia ficar muito fácil pro vagabundo entram no banco fazer e acontecer ai todo santo dia o banco ia ser assaltado e vidas estariam em risco para que todos entendam o trabalho do vigilante e preventivo e nosso bem maior é a Vida nos não estamos preocupados com o dinheiro do banco se o ladrão levar o dinheiro o seguro paga não tem problema ! Mais sim estamos preocupados com as vidas tanto dos clientes como dos funcionários do banco eu trabalho armado e bem armado se eu tiver certeza que posso reagir vou reagir mais e as outras pessoas que estão dentro da agencia como ficam vulneráveis diante do assaltante ! Mais não o cliente vai no banco e a porta trava ai o mesmo já esta devendo ate as calças pro banco ou com algum problema pessoal ai quer arrumar confusão para depois processar o banco ou é gente mal educado que não recebeu educação em casa e se acham melhor do que todo mundo ate parece que não sabem que um dia vão morrer e vão feder igual a todos aprendi que tudo pode ser resolvido conversando e contornado com bom censo e em tudo se da um jeito menos na MORTE por isso vocês vão a agencia bancaria antes de entrar na agencia coloquem tudo QUE TIVER METAL direitinho na caixa que a porta não vai travar pode ter certeza é claro tem casos que pessoas com marca passos ou algum tipo de metal no corpo como pino etc ai é outro caso tem um procedimento a ser feito para o cliente entrar no banco ! ENTENDAM a ultima coisa que o vigilante quer e ter problemas com clientes quando menos contato precisar ter com os clientes é melhor para a duas partes

  28. gislaine diz:

    Senhores…. por favor!!! fico indignada com o que anda acontecendo por aqui. 1º – Sinto-me profundamente constrangida no momento em que tenho que abrir minha bolsa à um vigilante, o qual depois de olhar todos os objetos pessoais que carrego, libera a passagem pela porta giratória. Onde fica o nosso direito de ir e vir? Estamos sendo constrangidas. 2º – Nao estou generalizando, pois ja fui muitas vezes bem atendida nas agências bancárias de minha cidade, mas convenhamos… leiam, por favor, o que o nobre vigilante escreveu acima… infelizmente, a maioria dos vigilantes não tem instrução nenhuma. Ex.: “liçensa” “pertubando”, e por essas pessoas é que somos constrangidas no momento em que abrimos nossas bolsas. Acho que o “cursinho” de vigilante, deveria, pelo menos, ensinar o que é bom senso. Sei que serei muito criticada aqui, mas esse é o mau do Brasileiro, tampar o sol com a peneira, e isso não faço jamais! Peço desculpa aos bons profissionais, mas que isso sirva de alerta às agências bancárias na hora da contratação de seus vigilantes. A segurança deve sim existir, para o proprio bem estar do cliente, mas que seja feito de uma forma menos contrangedora e discreta.

  29. Para todas pessoas que se dizem vitima da pgdm . são pessoas que tem dificuldade de compri normas são pessoas arrogantes que pensa que o vigilante ta lá para fazer graça e que ele não mais nada importante pra fazer a não ser fica “pertubando as pessoas “.
    Gente presta atenção sou vigilante a 18 anos sei como é isso eu tenho certeza que se vcs parassem de se achar e deixasse o vigilante fazer o trabalho dele tudo correria normalmente o negocio que vcs achan que os vigilantes são vagabundos que não ten familia filhos e outros e apenas um´profissional que tambem lita prlo pão se vc e cadeirante ofereça sua cadeira para revisão se vc é tem muleta espere a liberação se vc tem bolsas que parece mais uma arnadura de tanto metal deixa em casa ou arque com as conseguencia de uma revisão
    niguem esta dizendo que todos são bandidos mesmo porque os bandidos não usan portas giratorias
    mas eles podem te usar para entra com uma arma para assalta do lado de dentro e se isso acontecer meu filho assim vcs vão se sentir humilhado mesmo depois que passar tudo se vc escapar porque vc vai ser investigada, o vigilante bque liberou vai ser investigado alem de perder o emprego o sua enpresa vai ser mutada e perda a cosseção tudo porque
    porque alguem se achou que era humiulhação tira metal . da liçensa vai!!!
    segurança e assim mesmno todos querem mas ninguem que compri.

  30. Ana Duffrayer diz:

    Em 01/07/11, eu e meu marido, clientes do Itaú, fomos pagar contas e fazer depósito. Ele passou e a porta travou, o mesmo retirou celular e foi liberada sua passagem. Na minha vez a porta travou, retirei celular, voltei e aporta travou. Meu marido lembrou da chave, retirei, voltei e a porta travou. Como moradora de outro município estava com uma bolsa grande com roupas e um saco com bijuterias, retirei e voltei e a porta travou. Já não tinha mais o que retirar. Meu marido falou que eu ficasse do lado de fora a espera dele, o que recusei fazer pois já havia retirado tudo, e além de ser cliente há 20 anos deste banco o qual pago tarifa mensal para integrar o quadro de correntista. O guarda irredutível em liberar minha entrada, daí ele(segurança) chamou o gerente, o mesmo estava falando ao telefone. Peguei meu cartão Itaú Credicard e cartão do banco, já nervosa dizendo não ser ladra e sim correntista. Nisso a fila grande,pois eu não saí do lugar a espera do gerente. Esse pesadelo deve ter durado de 10 há 15 minutos, onde finalmente apareceu o gerente e eu falei que eu jogaria todos os pertences da bolsa no chão e se tivesse arma ele agiria da forma dele, mas se não tivesse eu iria processar o banco, daí me pediu identidade e liberou minha passagem. Falei para ele que que estava passando por constrangimento ele deu as costas e foi embora, uma pessoa que estava esperando para sair do banco e se prontificou a ser minha testemunha.É fato que existem assaltantes, mas não são a maioria dos que vão aos bancos. Por quê os banqueiros não gastam um pouco dos seus lucros milionários aperfeiçoando o sistema de segurança das agências? Deviam colocar esteira igual a dos aeroportos, que hoje usei no Museu da Justiça/RJ, a gente coloca a bolsa e pega do outro lado. Ou pelo menos para os correntistas, colocariam uma máquina para que passasemos nosso cartão colocando a senha para destravar a porta. Acho um absurdo ficarem milionários trabalhando com o dinheiro do povo e sermos tratados como animais ( parecemos gado). O pior é que ainda temos que pagar para sermos clentes!!!

  31. Anderson diz:

    Parei de ler apos ver alguma coisa ai acima sobre pessoas incapacitadas de locomoção, deficientes…
    Pois bem, sou supervisor de segurança, onde minha principal função é verificar os e ajustar o procedimento de vigilantes bancarios, e pode-se constatar que a pessoa pode ter um pino metalico na perna, pode estar em cadeira de rodas, utilizar marca-passo, pode ser a loira mais gostosa do mundo…
    Mas os vigilantes tem sim que controlar o acesso destas pessoas a agencia porque?
    1 – Em certa ocasião em SP uma agencia possuia 2 portas giratorias em cada uma delas um vigilante, era um dia de inverno e chegou uma loira muito bonita vestida com um sobretudo, e ao passar pela primeira porta giratoria e ser barrada pelo dispositivo, usou de seu charme para tentar adentrar a agencia, o vigilante se negou a deixar a pessoa passar, e pediu para essa colocar seus objetos metalicos na caixa de objetos… Ela se negou e disse que iria embora…. Logo a mesma Loira bonitona foi até a outra porta a o outro vigilante, e ao passar pela porta, novamente foi barrada e começou novamente a jogar seu charme e o vigilante liberou sua entrada, esta entao se deslocou até onde estavam 3 homens, abriu seu sobretudo e passou para cada um deles um fusil, apos ordenou que matassem primeiro o vigilante que liberou sua entrada pois era fraco demais. O vigilante morreu a agencia foi assaltada e um monte de cliente ficou apavorado sem saber o que fazer, eis que entao quase todos eles entraram com uma ação contra o banco por falta de segurança na agencia…
    2 – Documentos podem e são falsificados todos os dias, e porque não falsificar uma carteira de utilizador de marca-passos, de deficiente fisico, documentos que nao sao controlados nem possuem itens de segurança contra falsificações.
    3 – Milhares de casos acontecem todo dia no mundo todo, cadeirantes com armas escondidas nas cadeiras de rodas, envelopes que contem armas, mulheres lindas e gostosas a serviço do crime, quer saber se isso é verdade ou não? Vá até a delegacia mais proxima e pergunte aos agentes se isso realmente ocorre….
    4 – Por outro lado, há pessoas que realmente são deficientes e que são pessoas honestas e civis comuns, para estas pessoas peço para serem tolerantes com os vigilantes, pois a porta giratoria é o unico aliado que eles possuem para impedir a entrada de bandidos na agencia, custa alguma coisa deixar os 15 kilos de joias, as bolsas gigantescas com imensas argolas metalicas, em casa antes de ir ao banco? Custa colocar o celular e o molho de chaves na gaveta de objetos metalicos antes de passar pela porta? Estas ações são simples e muitas pessoas ignoram.

    Meus vigilantes são orientados a pedir sempre com educação ao cliente para que coloquem os objetos metalicos na caixa, A NÃO vistoriar bolsas e mochilas, a NÃO pegar em mãos nenhum documento de policiais ou clientes justamente para não serem vitimas de armações para possiveis processos por danos morais, logo qualquer insatisfação que ele note no cliente, rapidamente o vigilante chama o gerente da agencia e pede para que este atenda o cliente mesmo que do lado de fora da agencia.

    O MAIS IMPORTANTE, VIGILANTE NÃO É BANCARIO, ELE NÃO TE ENSINA A USAR O CAIXA ELETRONICO NEM FICA PEGANDO SENHA PARA ATENDIMENTO PARA VOCE, SE VOCE TIVER ALGUMA DUVIDA NÃO PERGUNTE AO VIGILANTE, NÃO FAÇA ELE PERDER O TEMPO DELE COM SUAS DUVIDAS, PROCURE UM FUNCIONARIO UNIFORMIZADO DA AGENCIA, VIGILANTE É PRA MANTER A SEGURANÇA E NÃO FICAR ENSINANDO CLIENTES A USAR OS SERVIÇOS DO BANCO.

  32. Na minha opinião vc é compretamente louca!!!!!!pois vc é quem tirou a roupa,o contrangimento foi causado por vc mesma,pois em vez de tirar a roupa,vc deveria acionar o 190 e pedir a presença da policia militar no local,ai sim vc seria uma pessoa inteligente.eu falo isso como vigilante bancario que sou!!!e isso que vc fez é crime previsto no codigo civil”atentado violento ao pudor” todos os dias eu me deparo com esse tipo de situação,gente querendo se apareçer,fazendo escandalos,querendo tirar a roupa,chigandos nois vigilantes,
    e não ver que a porta trava automaticamente,e se o vigilante destravar e algo acontecer ele vai para em uma delegacia por negrigencia ou complicidade.Pense mais um pouco nas suas atitudes e se ponha em nosso lugar,
    vc é enfermeira certo?já pensou se alguem ti induzisse a medicar um paciente com o medicamento errado?quem seria o culpado a pessoa ou vc?Pense bem nisso.bjssssss de um vigilante bancario.”JL”

  33. hoje 09/05/2011 por vola das 14:e45 ao tentar entra na agencia do banco santander ,agencia 0120 daa
    teodoro sampaio ,fui bloqueada na porta giratória ,não estava portando nada de metal.a única peça era a chave do carro que e ja havia deixado na caixa de pertences.em meu poder estava apenas uma pequena
    pasta tranparente com documentos pessoais e contas a pagar.mostrei ao vigilante que recusou a abrir a
    porta.anterior a min entraram duas senhoras usando brincos,colares ,relógios e pulseiras.porem não foram
    bloquiadas.já que pra todos.abri a pasta ,mostrei que só haviam papéis.não convenci o vigia.então nao tive
    dúvidas.fuiquei muito nervosa,chorando muito.tirei a roupa.chorei convulsivamente.sou uma pessoa dgna
    trabalhadeira como auxiliar de enfermagem em dois empregos.foi muita humilhação.senti vontade de morrer
    naquele momento.sou uma pessoa depressiva ,faço acompanhamento.psquiátriaco.faço uso de ante depres
    sivos.como devo proceder nessa situação?

  34. DEVISON MATIAS CAMPOS diz:

    ser vigilante nas portas dos bancos não é nada facil,tem pessoas de todo tipo de humor mas olha clientes toma muito cuidado tem agentes nas porta dos bancos a esperar TÁ.

  35. Olá a todos,eu sou “VIGILANTE” DO BANCO DO BRASIL!Em São Paulo.
    Prestem atenção no que estou escrevendo!!!
    As portas giratórias dos bancos são sim automáticas,e independem dos vigilantes para seres BLOQUEADAS/TRAVADAS.
    O que acontece é que alguns clientes vão aos bancos com tudo que tem em casa,como migo já aconteceu
    de uns clientes serem barrados na porta até com uma faca de conzinha,cafeteira,ventilador,ferramentas deveras,etc.Os maiores problemas são com as mulheres,elas usam essas bolsas grandes e ponhem de tudo lá dentro,e ainda querem ter razão,e querem descontar em quem menos tem culpa,que samos nós os vigilantes,
    é lógico que eu não concordo com a atitude de alguns vigilantes que tratam com má educação, e não tem o famoso jogo de sintura para contornar algumas situaçaes.Apezar que tem uns clientes que vão aos bancos já com a idéia de arrumar confusão, para depois entrar com ação na justiça para tentar ganhar uma indenização por uma suposta violação de seus direitos. As portas giratórias travam com qualquer objeto metálicos,o vigilante
    não podem distrava-la sem ter certeza de que o cidadão (a) não estar com mais nada de metal em seu poder,tentem ir ao banco sem nem um objeto de metal,e tirem a conclusão do que estou relatando,e depois vcs vão ver que nois” VIGILANTES” também samos vitimas desse sistema de segurança,pois samos nois que ouvimos de tudo em nossa cara,pessem no fato que também samos seres humanos,e às vezes um ou outro profissional pode cometer falhas.Más não nós vejam como um inimigo,e sim como um profissional de segurança que estar ali para ajudar e proteger o maior patrimônio do banco.QUE É VC!!!!

    Desculpe-me pelos erros, e ser falei alguma besteira.Abraços a todos,e fiquem com
    Deusssssssss!!!!!!

  36. Renata Cristina Antéro Pavan diz:

    Estive hoje na agência da Caixa Economica Federal, localizada na Avenida Aguia de Haia nº 1586 SP, para utilização dos serviços da mesma, quando fui surpreendida pelo travamento da porta giratória, mesmo tendo apresentado os itens que podiam causar aquela situação. Recorri ao segurança da agência, dizendo que ali estavam os itens de metal que constavam dentro da minha bolsa, tendo ele dito que constava ainda alguma coisa que me empedia de entrar na agência. Esta mesma situação aconteceu por quatro tentativas, desta vez tento o total despreso do segurança, que me disse, “SE VIRA, EU SÓ DEIXO VOCÊ ENTRAR SE A BOLSA FICAR DO LADO DE FORA”, dando-me as costas mesmo depois de ter jogado todos os meus pertences no chão, na frente dele e da enorme fila que se formava.
    Ficando do lado de fora sem nenhum recurso, entrei em contato com 190, onde solicitei uma viatura policial para registrar aquela situação. Só depois da chegada dos policiais que a gerente da agência apareceu para dizer simplismente que o segurança não tem autonomia para destravar a porta, e que eu estava no meu direito de registrar a reclamação, mesmo estando eu munida de todos os meus documentos a vista dela e do segunaça, o que me causou um grande constrangimento perante todos os que estavam dentro e fora da agência.
    Após ir a Delegacia de Policia 64º, tentei mais uma vez buscar os serviços da Caixa Economica Federal, desta vez em uma outra agência em Arthur Alvim, onde fui orientada pelo segurança a deixar itens de metal fora da bolsa, e pude enfim entrar na agência, com a mesma bolsa, e desta vez, sem precisar despejar tudo que la estava.
    Deixo aqui minha total indignação pelo ocorrido, como posso ter sido tão humilhada na primeira agência, diante até mesmo da gerente que nada pode fazer para ajudar uma cidadã que tem o direito de ir e vir, até que se prove o contrário, e depois ter livre acesso, com os mesmos itens na bolsa em outra agência???
    Gostaria de uma orientação sobre o ocorrido.

  37. SIDNEI FERRAZ diz:

    A PORTA GIRATORIA DA SEGURANÇA AS PESSOAS PRINCIPALMENTE AOS FUNCIONARIOS, PARABENS AO BRADESCO DE SÃO JOÃO………… PORQUE NÃO TEM A PORTA GIRATORIA E TEM UM GRANDE MOVIMENTO MEUS PARABENS GOSTARIA DE TB, NESTE BANCO ESTOU DEZEMPREGADO SOU VIGILANTE FORMADO, NA FIEL ACADEMIA DE FORMAÇÃO DE VIGILANTE.
    PARABENS BRADESCO

  38. Eu passei por este Constrangimento Moral e Abuso de Poder feito por uma Gerente da CEF e os Agentes de Seguranças na Av.Interlagos nr.3610- S.Paulo /SP . Ao receber um cartão com CHIP , no dia 08/02/2011 ,fui na agência indicada , fazer depósito e pagamentos no caixa eletrônico.Antes de sair, liguei p/o SAC da CEF, perguntando se o novo cartão com CHIP eu teria que passar na Boca do Caixa, para mudar a senha . Fui informada que não havia necessidade era só utilizar o cartão normalmente no caixa eletrônico.Após passar o cartão com CHIP diversas vezes ele dava a mensagem de ERRO DE LEITURA e ao passar o antigo ele deu a mensagem CANCELADO. Para não ter PROBLEMAS , juntei os papéis que precisava , peguei minha Bolsa e coloquei no Guarda Volumes e tentei entrar na agência, pela porta giratória, à partir dai começou o meu MARTÍRIO . Fui impedida de entrar na agência pois a porta travava.
    Tirei todas as joias e junto a chave do guarda volumes e coloquei na caixa ao lado da porta e mesmo assim nada.De repente aparece a Gerente da agência e perguntou o que estava acontecendo.Expliquei o acontecido e ela me disse que o cartão com CHIP estava com ERROS. Então eu respondi a culpa não é minha, o cartão novo não funciona e o antigo está cancelado. Ela virou para mim e disse podemos fazer a operação aqui fora no caixa eletrônico. Eu respondi fazer como ??? se os cartões estão inutilizados. Entrei em discusão com ela e perguntei :- olhe a minha roupa eu não tenho nenhuma arma aqui comigo, não tenho platina no corpo e também marcapasso , você pode pedir p/os seguranças liberar a porta p/eu fazer os meus pagamentos e depósito dentro da agência. Ela respondeu que não podia fazer isto , pois era norma do BANCO. Respondi já que você não libera eu vou tirar toda a roupa. Ela respondeu isto é ATENTADO AO PUDOR . Eu rebati , o que você está fazendo é CONSTRANGIMENTO MORAL . Estou com 2 cartões inutilizados e não posso pagar minhas contas e fazer meu depósito. Na altura do campeonato, tinha uma fila enorme atrás de mim e eu falando alto perguntava para as pessoas /clientes se elas viam alguma arma dentro de minhas roupas , pois estava de bermuda branca agarrada ao corpo e também com uma camiseta justa.A raiva era grande e o desespero também, pedi p/alguem que tivesse celular , ligasse p/190 – chamando a policia ao local. Veio 2 viaturas uma delas com 2 soldados me atenderam. Expliquei o acontecido e os policiais perguntaram se ela era a gerente ela confirmou , e confirmou que não podia fazer nada , pois estava dando a mensagem de presença de metal . Um dos guardas, pegou meu boleto , cartões e dinheiro e entrou normalmente pela porta giratória ( ele estava com a arma ) e pediu p/eu entrar a Porta Travou. Expliquei para os policiais e ela junto , o que eu tinha feito , fiz toda a operação novamente e deu …Erro de Leitura do Cartão de Chip e Cancelamento do cartão antigo .
    MESMO COM A PRESENÇA DA POLÍCIA MILITAR NA AGÊNCIA , ELA NÃO TEVE O BOM SENSO , O JOGO DE CINTURA , A POSTURA PROFISSIONAL E PSICOLÓGICA QUE O CARGO DELA NECESSITA PARA LIBERAR A MINHA ENTRADA NA AGÊNCIA.
    Os depósitos acabei fazendo no Caixa eletrônico SEM CARTAO , mas o DARF da Receita Federal , que não tem código de barras, este teria que ser pago na BOCA DO CAIXA., ficou sem Pagar. Inclusive ela confirmou que este tipo de documento somente direto no CAIXA.
    Fui Humilhada, Envergonhada, Constrangida, Usada e Servi como Instrumento para a Satisfação de Auto Estima, Vaidade Pessoal ,Abuso de Poder , 15 Minutos de Fama , desta Gerente e dos Agentes de Segurança desta agência .
    E o final da história , quem está se sentindo LESADA sou eu , pois o meus dois CARTÕES estão INUTILIZADOS e a Caixa Econômica Federal está com o meu dinheiro.
    Fiz o BO os nomes dos dois soldados e o nr.da viatura constam, eles foram testemunhas da ocorrência e também a imagem do Circuito Interno provam tudo isto que foi relatado.
    Enviei uma cópia deste relato , para Ouvidoria da CEF, Febraban, Banco Central do Brasil, Rádio Jovem Pan.
    Quando acontecer com alguém, chamem a Polícia, apesar dela não ter o Poder de Polícia como tem as dos EUA ou Europa, que eles chegam e poem você p/dentro da agência, a nossa não pode fazer Isto, o simples
    fato dela estar lá e o Responsável pela agência não te colocar p/dentro isto é como uma CONFISSÃO DE CULPA. Processo neles !!!.

  39. Luciano Suzuki diz:

    Capão Bonito – SP

    É ótimo se sentir seguro e como os direitos também cumprir com as obrigações para manter essa segurança é de fato imprescindível. No entanto há limites, fiquei travado no meio da porta por causa da bolsa do notebook, até ai tudo bem, mas o problema foi que eu pedi para o segurança olhar minha bolsa para liberar a minha entrada, se negou a olhar… e isso não é a primeira vez que isso acontece na primeira vez tentei passar por tres vezes, tirei quase tudo da bolsa somente os blister de remédios que não, pedi que olhasse a bolsa, e se negou naquela vez. A replamação no entanto e pelo descaso pelo acumolos de acontecimentos, pois essa agencia e pequena, já tive cartão clonado, não consegui sacar dinheiro por diversas vezes nos caixas, total de 6, por exemplo no carnaval do ano passado fiquei sem dinheiro, e o unico quiosque da cidade as vezes fecha antes do horario, pode isso? altas taxas tambem pode?
    Fiquei constrangido sim, sou funcionario publico e estavam mtos outros na agencia Santander. FIQUEI PRATICAMENTE ENTALADO NO MEIO DA PORTA, custava olhar a minha bolsa? Eu colocaria ate no chão se achassem que era uma bomba. Pensem um pouco antes de serem corporativistas !!
    Vi uns comentarios ignorantes acima e fiquei indgnado … ah se se as pessoas carregam algo é porque lhe é necessario OK? e se não fosse não seria da conta de ninguem beleza. É realmente por isso que dificilmente algo se cumpre nesse país, o mais forte quer sempre massacrar os mais fracos. Ah nessa agencia não se cumpre nem limite de tempo determinado por lei municipal e estadual.

  40. e tudo conversa fiada quem defende esa atitude do banco e um banana neu narido tirou os metais edeixou uma abraçadeira de metal no bolso e a porta liberou discriminaçao pura

  41. Barueri,29/12/10
    Hoje eu fui ao banco e fiquei muito constrangida,pois eu tirei tudo da minha bolsa,e mesmo assim a porta não destravou,pedi para chamar o gerente e mesmo assim não teve jeito ele disse que eu não podia entrar,se eu quisesse ele podia quebrar o meu galho pagando a minha conta,aceitei que ele pagasse,mas foi muito constrangedor ficar na porta esperando ele,todo mundo ficou me olhando,oque devo fazer?

  42. Albert diz:

    Se tem porta, é ruim pq bloqueio qdo detecta metais.

    Se não tem, é perigoso pq pode entrar um ladrão facilmente.

    Brasileiro não sabe o que quer, não sabe o que fala. Uma pessoa sai de casa sem documento e se acha no direito de reclamar de algo? Não tem idéia do que é um documento de identificação?

    Outra, pq tem que tirar os objetos de dentro da bolsa, se sente totalmente humilhada. Já pensou em levar na bolsa, não só pra ir ao banco, mas em todos os lugares, somente aquilo que lhe é necessário?

    Além disso, brasileiro é especialista em td, principalmente em portas giratórias. Se sabe que bloqueia, pq não evita objetos metálicos? Ou alguém aqui realmente acredita que os seguranças das agências bloqueiam quem eles bem entendem? Se a resposta é sim, sabemos pq a Dilma está em 1º lugar nas pesquisas…

  43. SILVIA CN diz:

    FUI A CEF FAZER UM DEPOSITO, E FUI IMPEDIDA DE ENTRAR POIS A PORTA TRAVOU POIS USA MULETA, O GUARDA ME PEDIU PRA DEIXAR A MULETA E ENTRA, ME RECUSEI POIS PRECISO DELA PRA ME LOCOMOVER DEVIDO A DOR, PEDI PRA FALAR COM O GERENTE , O GERENTE ME PEDIU UM DOCUMENTO DE IDENTIDADE PRA LIBERAR MINHA ENTRADA, COMO NÃO PORTAVA NENHUM POIS SO IRIA FAZER O DEPOSITO E JA NÃO LEVO NADA POIS TUDO TRAVA A PORTA, NÃO PERMITIRAM MINHA ENTRADA NA AGENCIA…..ISSO É UM ABSURTO….DEPOIS FALAM QUE NÃO HÁ DISCRIMINAÇÃO……..NUNCA ME SENTI TÃO HUMILHADA…..SAI DA AGENCIA CHORANDO…

  44. Carlos diz:

    O grande problema é a arrogância que algumas pessoas possuem (se acham acima de tudo), que as impede de seguir regras, e ficam buscando subterfugios para justificar suas posturas alegando terem sido “ofendidas”. Ora, a porta detecta massa metálica, se a pessoa iniste em passar e a porta trava, que massa metálcia é essa? uma faca? um revolver? um ferro de engomar? não dá para o vigilante adivinhar.
    Segurança é assim mesmo, chato, mas faz parte do processo. Infelizmente, bandido não vem com carimbo na testa. Da mesma forma essas pessoas querem adentrar em prédios sem se identificar com os porteiros, criando confusão em todos os lugares.
    Agora, essas mesmas pessoas quando vão aos Estados Unidos, parecem cordeirinhos, tirando sapato, calça, o que for mandado….alguém ai já colocou o governo americanos na justiça??? Claro que não …… a justiça americana não dá ouvido a palhaçada…..

  45. JOILTO diz:

    Quem nunca foi impedido de entrar no banco por causa da porta giratória? Muita gente foi a justiça requerer indenização por danos morais, mesmo assim o problema continua. já aconteceu comigo também. Foi constrangedor. Pensei em dar uma queixa por constrangimento ilegal; pensei também em fechar minha conta no banco. Poderia ter dado sugestões ao banco, todavia dei a mim mesmo, como por exemplo:
    quando tiver que ir ao banco, deixo com outra pessoa (parente, ou amigo(a)) todo tipo de material que comprometa a minha entrada na agencia.

  46. Hoje fui ao banco como de costume levar o MALOTE (LOLITA), como é chamado esse sistema banco/empresa e precisei entrar na agencia para fazer o serviço de costume. Então a porta me barrou, tirei, celular,carteira e o pior (constrangimento que todos nós cidadões passamos diariamente quando temos que nos dirigir aos bancos) tive que abrir a bolsa até então “tudo bem” mas não parou por aí queriam que tirasse um guarda chuva de dentro da bolsa que eu não tinham, como fazer nessa situação? Então fiquei na porta e disse, que ninguém entraria na minha frente então pedi que chamasse o Gerente que nós atende na Agência, contei o problema o ocorrido e sei que na verdade nem temos que abrir nossa bolsa que não quisermos pois nós somos o cliente e se estamos ali e para fornecermos algo ao banco correto. Estou muito indiguinada com essa situação, concordo com os comentários que li acima só estou escrevendo para mostrar minha indignação em relação a essas portas giratórias.

  47. Regina Melo diz:

    Estive ontem dia 25/02 na agência da Caixa Economica em Santana e fui humilhada pelo segurança. A porta giratória travou e ele pediupara eu deixar a minha bolsa com objetos pessoais na entrada do Banco. Ocorre que na minha bolsa alem de objetos pessoais havia uma razoável quantidade de ouro, pois eu fui à Caixa fazer um penhor e, era impossivel deixar a minha bolsa do lado de fora e levar meus documentos e as joias nas mãos. Então o segurança mandou que eu colocasse os metais no porta objetos, mas não resolvia o segurança fez eu tirar quase tudo que tinha na minha bolsa. e depois de muita discussão e uma fila enorme ele permitiu o meu ingresso na agência. Na minha opnião isso é falta de competência dos seguranças e falta de respeito da instituição para com o cidadão. Eu não me conformo, pois eu pedia para olhar a minha bolsa, que já é humilhante, ele dizia que não podia, e a porta continuava travando. Se eu fosse bandida talves conseguiria entrar, como é visto constantemente, na mídia os roubos a bancos, mas como sou uma cidadã comum não mereço respeito. Os bancos só querem nosso dinheiro, mas respeito e dignidade para conosco não há. Não sei como alguém pode defender esse tipo de atitude. Penso até em mover uma ação indenizatoria contra o banco por ter sido exposta ao ridículo como fui. Estou indignada.

  48. APARECIDA DE FATIMA PEREIRA DA SILVA diz:

    Hoje fui ao banco e precisei entrar na agencia para fazer saque porque os caixas eletronicos estavam limitados a R$ 300,00 por razao da greve os vigilantes dos carros forte, mas não pude entrar com a minha bolsa, porque continha uma quantidade expressiva de Prata de Bali, pois sou revendedora, o vigilante nao deixou eu entrar com a bolsa, pediu para deixar com a atendente do auto atendimento, como estava com pressa e nao podia perder tempo, tirei apenas os cartões que usaria para o saque e acabei nem fechando a bolsa, quando voltei a minha bolsa estava do lado de um caixa eletronico, aberta. Olha a responsabilidade de quem ficou com a bolsa para cuidar? Gostaria de saber se for correta a atitude do vigilante impedir que eu entrasse com a bolsa? Não teria que ter um local apropriado com chaves para que o cliente pudesse deixar objetos com segurança? E se alguem roubasse alguma coisa dessa bolsa quem iria arcar com os prejuizos? Gostaria de uma orientação nesse sentido. Se alguem puder me ajudar, eu agradeço. Obrigada.

  49. ramone diz:

    O problema é que brasileiro só pensa no próprio umbigo. Depois da obrigatoriedade de instalação de portas detectoras nas agências bancárias, a incidência de assaltos diminuiu muito. Nós, bancários, estamos mais seguros com esse dispositivo. Além disso, existem armários na maioria das agências para que o cliente não sofra o transtorno de ser barrado.

    Uma pequena inconveniência é um preço baixo pela segurança de funcionários e clientes, e deveria ser compreensível por pessoas civilizadas. Mas civilidade anda em falta nesses dias.

  50. REJANE THOMAZ diz:

    NA QUARTA FEIRA PASSADA, FUI AO BANCO DO BRASIL DA MINHA CIDADE E COMO MUITAS OUTRAS VEZES FUI ABORDADA POIS MINHAS BOLSAS QUE POSSUEM ZIPER E DAS DEMAIS CLIENTES NÃO PASSAM PELA PORTA VOU PELO MENOS 3 VEZES POR SEMANA AO BANCO TODOS ME CONHECEM NA CIDADE, CHEGUEI A BOLSA NÃO PASSOU, ABRI PARA O GUARDA OLHAR O QUE TINHA DENTRO, EXPLIQUEI NOVAMENTE A ELE QUE É A BOLSA QUE NÃO PASSA, COMO FAÇO A ANOS E ELE FALOU QUE EU DEVERIA TIRAR TUDO O QUE TINHA DENTRO, TIREI TUDO COMO SE EU FOSSE UMA BANDIDA ME EXPUS, ESCOVA DE CABELO, ESCOVA DENTAL, FIO DENTAL, BATOM, CANETA, DUCUMENTOS INCLUSIVE TINHA DINHEIRO, NÃO CONSEGUI ENTRAR PEDI PARA CHAMAR O GERENTE ELE VEIO E DISSE QUE NÃO PODE FAZER NADA POIS É NORMA DO BANCO DEPOIS DE MUITA DISCUSSÃO COM O GERENTE EXPLICANDO E MOSTRANDO A ELE QUE A BOLSA ESTANDO VAZIA MESMO ASSIM ELA NÃO POSSOU NA PORTA ELE ME LIBEROU GROSSEIRAMENTE QUERENDO DIZER A TODOS QUE O BANCO ESTA CERTO INCLUSIVE ME PERGUNTOU SE EU QUERIA QUE ELE DERRUBASSE A PORTA ELE DERRUBARIA SÓ QUE EU DEVERIA ME RESPONSABILIZAR POR QUALQUER ASSALTO FEITO AO BANCO RESPONDI QUE SE O ASSALTO FOSSE DE RESPONSABILIDADE MINHA EU ME RESPONSABILIZAVA, ENTREI ELE FICOU DISCUTINDO COM MEU ESPOSO DO LADO DE FORA E FEZ DEMONSTRAÇÃO QUE O CELULAR DELE PASSAVA NA PORTA FIZERAM TESTES SÓ O DELE PASSOU E DE OUTRS CLIENTES NÃO, PEDIRAM AO GERENTE SE TODOS DEVERIAM COMPRAR A MESMA MARCA DE CELULAR, ELE RESPONDEU QUE SIM, AMIGAS MINHAS DEMOSTRARAM COM AS SUAS BOLSAS QUE TAMBEM NÃO CONSEGUEM ENTRAR, PESSOAS CHEGARAM AO CUMULO DE TIRAR QUASE TODA ROUPA, NO OUTRO DIA O MEU CASO FOI COMENTARIO NA CIDADE INTEIRA, E TODOS FALANDO QUE REALMENTE EXISTE ESSA DIFICULTADE E O GERENTE DIZ QUE NÃO PODE FAZER NADA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *