Você está devendo para um banco?…

Ninguém deve se apavorar quando de repente, se deparar com uma situação destas, pois, como sempre digo, enquanto não for feita uma reforma ampla no Sistema Financeiro Nacional, este fato será inevitável, uma vez que os métodos praticados no mesmo, conduzem o cidadão de bem, independente da sua vontade, a inevitavelmente cruzar por esta incômoda situação.

E se algum dia, por motivos de força maior, você ficar inadimplente com seu banco, por um período de cinco ou seis meses, ou mais, em um débito com valor principal de 10 mil reais, por exemplo e este banco lhe apresentar uma dívida de 30 mil reais, ou mais que isto, não se assuste, pois o uso desta fórmula matemática, em benefício próprio, é muito comum pelos bancos brasileiros e neste momento, você deve ter frieza para raciocinar e nunca ficar apavorado, pois desavisadas, as pessoas sempre tomam um choque e, de imediato, perdem por alguns instantes, o poder de raciocinar e consequentemente a noção do lógico e, desorientadas, ficam sem rumo, tornando-se assim em fáceis presas para os bancos.

As pessoas entram em pânico e não sabem como lidar com o fato, nem qual atitude tomar e já houve caso de infarto fatal, pois muitas, ao se deparar com uma dívida impagável, imaginam que terão seus bens penhorados automaticamente pelo banco para atender o monstruoso débito apresentado, com a agravante de saber que, por já estarem com dificuldade financeira, não possuir recurso para pagar um advogado para se defender desta roubada e, por esta razão, se sentem impotentes e sem forças para reagir e a partir daí, se desesperam, pois imaginam também que, por conta do débito, serão levadas para os tribunais de justiça pelo banco credor.

Primeiramente, as pessoas precisam saber que jamais um banco terá coragem de cobrar diante de um juiz, uma dívida que ultrapassou a linha do absurdo com 100%, 200%, 300% ou 400% de aumento, inchada de maneira indemonstrável, para atender a sua ganância sem limite e apenas fazem isto diretamente ao frágil consumidor, tentando a sorte, pois sabem que, desinformados e sem noção de política financeira, nem da legislação que balizam seus direitos, muitos, sem questionar e sem qualquer força de conhecimento para reagir, nem tentam se defender e se entregam a este tipo de coação, fartamente argumentada pelos funcionários dos bancos e aceitam e confessam a dívida apresentada.

Quem está devendo para um banco, é claro que precisa pagar sua dívida, mas, nunca deve aceitar de cara os valores apresentados por este e sempre carece de um tempo para analisar a dívida apresentada e sempre também, deve questioná-la, pois, toda dívida apresentada por um banco sempre é falsa e distante do valor real devido, pois, é extraída da imaginação deste para alimentar sua ganância financeira, que molda e ajeita as dívidas dos clientes de maneira a beneficiar a sua vontade e interesses unilaterais, de forma antiética e atroz.

O devedor sempre terá que procurar identificar o valor principal devido e ainda, verificar se os juros, tarifas, encargos e multas nela acrescidos, estão dentro dos padrões e limites legais, pois este é um Direito e o banco tem o dever de informar e não pode negar, uma vez que a imaginação dos mesmos para criar fórmulas de inchaço de valores em benefício próprio não tem limite e ultrapassa a barreira do absurdo.

E para fazer isto, o devedor não precisa de ninguém e, ele mesmo pode fazê-lo diretamente ao banco, sempre por escrito, cobrando recibo e guardando sua via, que poderá ser útil em futuro processo de revisão contratual junto à justiça civil, no caso de negativa do banco ao solicitado.

Em ofício ao banco credor, o devedor deve demonstrar a sua vontade de saldar sua dívida, mas para isto, é óbvio que necessita ter conhecimento detalhado da mesma, em cumprimento aos ditames do Artigo 6º Inciso III do Código de Defesa do Consumidor e ainda, – o devedor deve nesta oportunidade, solicitar a revisão, o abatimento e/ou a eliminação de juros abusivos e a diminuição no volume de encargos taxas e multas tirânicas, ingredientes estes que elevaram sua dívida aos padrões absurdos e desumanos, distante e incompatível com a sua realidade financeira e o banco não pode se negar em atender, pois tem o dever moral e a força da lei que o obriga acolher tal pedido.

Neste documento o consumidor carece ainda, ao banco solicitar a “Evolução da composição da dívida” e isso significa, que o banco necessita exibir detalhadamente ao consumidor inadimplente, todas as fórmulas, cálculos e acréscimos adicionados ao valor principal da dívida apresentada.

Geralmente nestes casos, os bancos dificultam e resistem o máximo possível e costumam apresentar documentos incompletos na tentativa de enganar os consumidores, retardando o processo e tentando vencer o consumidor pelo cansaço e ainda, por saber do pouco conhecimento jurídico destes, sempre insistem dizer que, uma vez o contrato ter sido assinado, nada mais poderia ser revisado nem alterado.

Porém, esta afirmação é falsa e a atitude faz parte da pressão psicológica e do processo de enganação exercido pelos bancos sobre os consumidores, pois, conhecem, mas tentam encobrir que é um direito básico do consumidor, conforme Artigo 6º Inciso V, do Código de Defesa do Consumidor, a modificação de cláusulas de contratos assinados que estabeleçam vantagem à parte mais forte, criando desigualdade, sempre que o consumidor detecte a presença da mesma, gerando assim desconfiança e atrito na relação de consumo.

Além de todas as facilidades solicitadas na negociação para saldar sua dívida junto ao banco, o consumidor inadimplente necessita ainda, requerer um prazo dilatado para efetuar o pagamento, para que não venha novamente a incorrer neste fato e com isto normalizar a estabilidade da sua biografia financeira.

Em caso de negativa aos solicitados acima, o banco está sujeito ao peso da mão da justiça, uma vez que este fato denota grave flagrante de desrespeito aos ditames da lei e muito pode pesar contra ele, se o mesmo for levado a sentar no banco dos réus.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

744 respostas para Você está devendo para um banco?…

  1. Daniel diz:

    Bom dia , tenho um emprestimo de 40mil no itau , e nao terei condicoes de pagar nos proxims 12 meses de acordo com as minhas projeções. Ele pode penhorar meu apartamento financiado ou meu carro ? Obrigado.

  2. Lilian diz:

    Boa tarde tenho uma divida juridica com o banco ha 3 anos, o valor real é 3.800, entrei em contato com o banco e disseram que a dívida está em 11 mil e não fazem nenhum acordo eles querem receber esse valor, me entregaram um extrato incompleto e ainda me disseram que a dívida está num fundo em que o próprio banco teve que pagar para o governo e que agora temos que pagar 80% desde valor e que se fizermos acordo com a financeira o nome nao sairá do Serasa. O que faço para uma negociacao

  3. matheus diz:

    Boa noite , to devendo o cartão de crédito e a magazine Luiza quero saber ate que período eu posso ficar sem pagar pois to com muitas dividas , E não quero sujar meu nome

  4. Fábio Miranda diz:

    Olá tenho 80.000 mil de lis no Itaú não me executaram ainda. Quando eles execultarem poderiam penhorar bens. Sou jurídico obrigado e fico no aguardo
    ———————————————————————————————————————
    Fábio,

    Banco gosta é de dinheiro vivo e de ganhá-lo de maneira fácil e rápido. Para reaver a sua dívida ele fará de tudo para receber em espécie. A penhora é um recurso de último caso, todavia, vale lembrar que para os casos de conta jurídica a probabilidade é muito maior. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  5. Joyce diz:

    Oi estou com divida no cartao de credito de 3 mil Itaú e tenho uma carro fianciado em outro banco eles por tomar meu carro?
    ———————————————————————————————————————–
    Joyce,

    Acho improvável o banco autorar processo de penhora sobre dívida de 3 mil reais originada de cartão de crédito. No máximo vai inchar esta dívida de maneira absurda para ficar infernizando a sua vida com cobranças, além de incluir seu nome no Serasa e Scpc. Fique tranquila. – Procure o banco para uma negociação factível. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  6. Henrique Oliveira diz:

    Boa tarde novamente… eu fui até ao banco uns dias atrás dizendo que queria juntar tudo oque devo inclusive o cartão de crédito e empréstimos que estão em dia… sei que totalizou algo na faixa de R$6.500,00 e ele me informou que o total parcelado daria algo perto dos R$33.000,00… quando ouvi isso quase cai de costas… se fosse algo por volta de uns R$10.000,00 eu até iria entender… mas isso está errado não está?! Obrigado novamente!
    ——————————————————————————————————————-
    Henrique,

    Fique tranquilo que o banco não vai penhorar a sua ferramenta de trabalho. Um processo de penhora requer muita dedicação e banco gosta de ganhar coisas fáceis. E o seu valor principal devido é pequeno que cresceu por conta dos abusos praticados por ele, banco e, nestes casos não compensaria levar a cobrança a sério e por isso somente tenta a sorte ameaçando você com ações abusivas. – O valor cobrado pelo banco foi inchado abusivamente, faça uma proposta por escrito e cobre recibo do banco, para pagar os 10 mil mencionados em parcelas e prazo que caibam na sua realidade financeira. Se o banco não aceitar de imediato, tenha paciência que em algum momento aceitará. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  7. Henrique Oliveira diz:

    Olá boa tarde amigo… estou com meu limite bancário (Santander) negativo e quase estourando o limite de R$1800,00, sei que uma vez estourou e tive varias multas e a cada “operação” feita na conta ele dava as multas novamente… independente se fosse R$1,00 ou R$0,10 na operação… dava mais R$54,00 (mais ou menos) de multa!! Eu estou passando por dificuldade financeira e não sei mais oque fazer pois na minha área está muito difícil (sou autônomo em informática) oque devo fazer?! Poderia me ajudar… mal estou conseguindo dormir por causa disso… e a pouco tempo comprei um carro pra trabalhar financiado pela BV Financeira… e tenho muito medo deles tomarem de mim o único transporte que tenho para trabalhar… tentar pelo menos =/ … por favor agradeceria muito se me desse uma luz… Obrigado desde já!

  8. Juninho diz:

    Ola, boa noite.. Me tira uma duvida… Estou desempregado ha quase um ano, hoje um representante financeiro me ligou e me ofereceu uma proposta.. Devo 10 mil ao banco, ele me ofereceu 27 prestações de 856 reais totalizando 23 mil, eu aceitei.. Informo que a divida era no cartão de crédito e cheque especial.. Porem o banco depositou na minha conta o valor de 10 mil e assim ocorreu a quitação dos valores… Mas nao tenho o dinheiro para pagar a parcela, devo informar o banco ou o que devo fazer? No futuro ele me cobrara os 10 mil ou os 23mil? Obrigado amigo

  9. Fábio Miranda diz:

    Boa noite tenho empréstimos no Itaú e estou pagando mas meu lis já está em 80.000.00 mil reais.É uma conta jurídica quando eles me negativarem porque já procurei acordos de tudo que é jeito eles podem penhorar bens como casas,carros,salão comercial.Obrigado e espero sua ajuda

  10. Sandra diz:

    Bom dia, tenho duas contas no banco Santander uma física e outra jurídica, em uma tenho um financiamento de veículo, na outra um empréstimo já renegociado, que não consigo mais pagar !!! O financiamento do veículo está em dia, e assim vai continuar. Como faço pra continuar pagando em dia, quando meu nome for pro spc e serasa? O banco não emite carnê! Posso pagar na boca do caixa com o número do contrato?
    ——————————————————————————————————————
    Sandra,

    A rotina administrativa de uma conta que você paga em dia não pode ser alterada pelo fato de ter outra que veio a ficar inadimplente e consequentemente o nome incluso na lista do Serasa. fique tranquila. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  11. Olá tenho uma dívida na caixa económica e estou desempregado ela pode descontar a dívida em meu Seguro desemprego, é a única renda que tenho
    ———————————————————————————————————————–
    Celio,

    De maneira criminosa, os bancos descontam de contas correntes, sem autorização dos clientes titulares destas, qualquer valor que nestas estejam, não respeitando a sua origem nem a necessidade dos consumidores. Essa prática é um descaso absurdo, porém, o fazem ao livre arbítrio e, na sua maioria por conta de cláusulas existentes nos contratos de adesão assinados, através das quais os clientes concedem a eles esta possibilidade. – Devido à modalidade do “contrato de adesão” fica difícil no momento da sua assinatura anular a “cláusula de mandato” nele contido, portanto, sugiro um dia após firmado o pacto com banco entregar ao mesmo uma declaração (cobrando recibo) através da qual você desautoriza o banco a efetivar descontos da sua conta corrente sem a sua autorização prévia. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  12. Pricila diz:

    Tenho um debito no banco no qual receberei a ordem de pagamento, isso pode implicar no recebimento do mesmo uma vez que esta em meu cpf?

  13. Gerson santos diz:

    Fiquei bem completo com todas lnformacoes que estive lendo.obrigado

  14. Vera diz:

    Boa tarde! Fiquei desempregada e tenho o valor da PL para receber no final do ano. Só que estou devendo no banco Itaú e a conta foi encerrada e a empresa informou que o pagamento será feito no mesmo banco e que posso sacar em qualquer agencia com o CPF na boca do caixa. O banco pode bloquear este valor quando eu receber?

  15. Andreia diz:

    Olá! Fiz um empréstimo consignado no banco panamericano sendo q no início as parcelas não foram descontadas e depois de um ano começou a descontar corretamente no contracheque. Contudo consta parcelas em atraso com o pan e qnd tentei fazer um financiamento de um veículo constou essa “inadimplência” mesmo meu nome não estando negativado. O banco pode negar o financiamento do carro por conta disso? Todos os bancos e financeiras tem acesso a essa “dívida”? O q devo fazer?

  16. Rafael diz:

    Boa tarde, tenho o financiamento da minha casa e fui demitido e só com a renda da minha esposa não consigo pagar a parcela do meu imóvel o que devo fazer?

  17. Renata Carla Silva Albuquerque diz:

    peguei o limite do cheque especial de 1.500,00 reais, e o banco esta me ameaçando em ajuizamento, isto é uma ameaça, como procede este caso.

  18. Arlean diz:

    Olá, para abrir minha empresa peguei um financiamento em um banco público. Uma das exigências do gerente para analisar a proposta, foi em caso de aprovação teríamos de aplicar uma parte do valor em um fundo de investimento do próprio banco. Aplicamos o equivalente a 8,5% do total liberado como capital de giro e assim que houve a liberação, ele reteve o valor em outra conta exclusivamente para o investimento. Essa prática é permitida?

  19. jessica diz:

    Oi boa tarde meu pai e aposentado do inss, e é correntista do banco itau, a algum tempo o banco começou a oferecer varios emprestimos pra ele tanto o itau quanto outros bancos ate ai tudo bem, porem meu pai começou a entrar em todos os emprestimos qie os bancos iam oferecendo e o gerente do banco itau foi aproveitando a situaçao do meu pai e nao parava de oferecer emprestimso mesmo sabendo que ele nao tinha como pagar, enfim hoje meu pai nao pega nenhum dinheiro da aposentadoria dele. Ele pode recorre na justiça?
    ———————————————————————————————————————-
    Jessica,

    O seu pai poderá recorrer da justiça caso o banco esteja se apropriando de valores da conta corrente sem a prévia autorização dele, todavia, vale o alerta de que o seu pai aceitou os empréstimos por livre arbítrio, mesmo sabendo que não poderia pagar, quando poderia tê-los negado, portanto, fica difícil negar responsabilidade sobre tais. – Carece verificar os contratos assinados, caso não tenha solicite segunda via ao banco, pois, nestes, poderá ter sido incluso cláusula de mandato, que é aquela que o aderente autoriza o banco praticar ações em seu nome. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  20. Pedro Marcos Celli diz:

    Bom dia estou devendo no banco Itau cheque especial capital de giro e cartão de credito nos valores próximo de 80000,00 pessoa jurídica eu entrei em falência estou dando baixa o cnpj possuo um casa onde moro com minha família o banco pode pedir penhora deste bem. obs estou conversando com o banco para que cobre as dividas sem juros e parcelado com em 48x no qual posso pagar mas eles estão duros na negociação. o que devo fazer por favo de uma resposta para mim estou muito aflito.

  21. Caroline freitas diz:

    Ola tenho uma dívida no banco bradesco. Poren não consegui pagar pq estou desespregada. Eo banco vive ligando em casa dizendo que vai penhorar meus bens mas nao tenho nada em meu nome….e tbm nao.tenho condições de pagar agora…
    Oq fazer eles podem.mandar algum oficial de justiça em minha casa?

  22. Rafaella diz:

    Boa tarde,tenho uma divida no HSBC de Cartão de credito,Cheque Especial e CDC num valor de 28000,00 e tenho um carro financiado em meu nome em outro banco, eles podem tomar esse meu carro?Quero muito pagar,mas estou esperando uma proposta melhor

  23. Raphaella diz:

    Dr. tenho dívida com a caixa econômica de 8.000,00 de cartão de crédito, um consignado de 34.000,00 e um CDC de 15.000,00, perdi o emprego , o Q o banco pode fazer contra mim??

  24. Vinicius diz:

    Bom dia, Estou com o cheque especial totalmente utilizado, qua do fui verificar o extrato vi diversas cobranças referente a juros, saldo utilizado, excesso período, mora e multa de moda. Essas cobranças fizeram com que ultrapassasse o valor final do cheque especial, ou seja, devo o cheque especial + esses valores. Estou desempregado no momento, qual a melhor solução para liquidar essa dívida ?

  25. JONATAN diz:

    Olá, tenho uma dívida no banco Itaú referente a um empréstimo no valor de R$20.000,00. Contínuo pagando aos trancs e barrancos, porém não sei até quando ficrei wm dia dia com o banco. A dúvida é a seguinte: o Itaú pode cancelar meus cartões de crédito ligados a ele, perderei minha linha de crédito ligados a outros bancos, como por exemplo caixa federal ou pior, penhora de bens, pois a única coisa que tenho em meu nome é uma moto e que estou pagango… Fico grato se poderwm me ajudar com essas dúvidas.

  26. Marcio diz:

    Boa noite tenho uma divida de quase 33.000 no banco do nordeste de um capital de giro que peguei no valor de 50.000 . As parcelas sao decrecentes agora estr em 1950 reais mas no momento nao estou conceguindo pagar e no nome da minha empreza . Gostaria de saber se vai sujar o nome da minha empreza e meu nome como pessoa fica e da minha esposa tambem . Pois ela assinou contrato como avalista. O que devo fazer . Se caso eu quiser negociar com parcelas mas baixas em mais prestaçoes pra frente . Se ter mais juros tem como?

  27. carlos antonio da silva diz:

    Boa tarde. Estou desesperado. Até o ano de 2014 estava pagando de forma pontual o cartão e um empréstimo feito na agencia porem estou desempregado desde dezembro de 2014 e tive que refazer uma negociação com o banco de que ficou de 3.000,00 parcelado em 36 vezes que foi pra 10.000,00 e não estou sabendo o que fazer….

  28. Carina Olly diz:

    Olá boa tarde Dr. Estou precisando de ajuda,estou preocupada e desesperada. Estou com um dívida com o banco Santander de cartão de crédito e cheque especial, fiz acordo e comecei a pagar, porém fiquei desempregada e o juros ficou abusivo, o valor ficou alto demais, só que recebi um e-mail do banco me dizendo que se eu não pagar serei processada. O que devo fazer? Como fazer um acordo de pagar só o valor que estou devendo sem os juros? Tem como? Por favor me ajude!!

  29. Robson Pereira diz:

    Boa tarde Dr, Estou com uma divida no banco ha alguns anos, tentei renegociar com o banco eles informaram que não seria possível pois a divida já estava com uma empresa terceira deles, recentemente recebi uma carta do SPC informando o valor da anotação em meu nome no valor de R$441, porém indo ao banco para tentar saldar o valor me informaram que a dívida já chega a quase 6 mil reais, e se pagar a vista pagaria cerca de 5 mil reais, como proceder neste caso? a unica alternativa seria pagar este valor todo? desde já obrigado. Robson

  30. Deia diz:

    Oi Gostaria de saber se o banco pode descontar o emprestimo do meu LIS,mas eu estou devendo o lis e queria saber se mesmo assim eles descontam mesmo estando devendo o LIS

  31. leia diz:

    Eu gostaria se eu devendo 2parcelas do meu emprestimo em uma coperativa o gerente pode vir na frente da minha casa para are cobrar ? Passando essa humilhação sendo qe eu vou pagar …

  32. Gerry diz:

    Dr tenho um dinheiro na poupança e estou devendo cartões de credito desse mesmo banco eles podem bloquear meu dinheiro obs estou juntando para fazer uma cirurgia de coluna.

  33. andreA diz:

    Oi minha sogra tem um empréstimo consignado com o banco, mês passado foi receber a aposentadoria dela eles bloquearam tudo e falaram que ela só ia receber se pagasse a dívida, tiraram uma parte dela e a outra falaram que iam tirar este mês. Eles podem fazer isto? pelo que sei é crime obrigar aposentado a pagar divida

  34. Valéria Novello diz:

    Há alguns anos atrás minha empresa fez um contrato de um caixa reserva com o antigo Unibanco, estava usando pois os juros eram baixos e já vinha descontado nos cartões de créditos, com a migração do Unibanco para o Itaú, assim q meu contrato venceu, eles retiraram o produto sem prévio aviso e me descapitalizou totalmente, pois todo o dinheiro q entrava dos cartões ficavam retidos por eles. Precisei tirar essa forma de pagamento do meu estabelecimento, onde meu faturamento caiu mais de 80%. Resultado: Fechei a empresa e tive q desativa-la. Hj trabalho fazendo bicos e não tenho condições de pagar a dívida q em 4 anos passou de 22 mil para mais de 300. Estão me ligando incansavelmente , fazendo pressão psicológica mas para mim a dívida é impagável. O q pode acontecer comigo? Meu nome pessoa física está positivo, eles podem transferir a dívida da empresa pró meu nome, já q sou a responsável por ela? Tenho apenas uma casa, o carro está alienado e mais nenhum bem. Será que caberia um processo contra o Itaú ja q me causaram esse transtorno todo? Na época tentei resolver com a gerência e com a ouvidoria e ninguém se pronunciou, pedi meu contrato e eles tbm não me enviaram. Me orientem por favor. Obrigada

  35. Adriana diz:

    Bom dia! Parcelei meu carro em 36 parcelas de 1386.00, paguei 35 parcelas, falta apenas uma que venceu 10/09/15 valor 1386.00 mas vou pagar agora este mes de janeiro de 2016. Mas, véspera de natal recebi uma carta serasa claro que deve ser erro de digitação valor 529.000.00 fiquei nervosa estragou meu natal e ano novo, o que devo fazer. tem como indenização pedir que quitem essa ultima parcela por me dar este susto e estragar meu natal e ano novo. Aguardo resposta urgente.

  36. Vanessa diz:

    Estou com dividas em 2 bancos e bnds parei de pagar pois minha empresa está passando por sérios problemas , inclusive levei um tombo de 150 mil não vou conseguir pagar meus empréstimos , já fui registrada no SCPC e Serasa o que devo fazer esperar os 5 anos para caducar ou fazer um acordo com k banco de valor pequeno pois hoje só terei condições de pagar uma 1000 por mês será que vao aceitar pois minha dívida esta nuns 400 mil o que faço socorro

  37. Thiago diz:

    Abri uma conta salario para recebe meu pagamento onde trabalho atualmente mais como devo nesse banco eles bloquearam meu dinhei ro da conta salário e pra mim consegui recebe descontaram 30% do meu pagamento o que faco que atitude tomar a tal fato ocorrido sabendo que nao podia a vir se descontado da conta salário nem broquiado meu dinheiro

  38. Sandro diz:

    Tenho uma dívida de 200.000 mil no banco do brasil e meu pai foi meu fiador ele tem uma pequena propriedade o banco pode penhorar pq não canseguir pagar as parcelas

  39. Márcia diz:

    Devo duzentos mil ao banco do Brasil quero muito paga porque não sou caloteira mais no momento não consigo tão mandando a polícia civil atrás de mim. Eles vão me prende

  40. Andre diz:

    Bom dia Dr. Marcos, Tenho uma divida em pessoa fisica de aproximadamente R$200 mil com o banco Itau que são provenientes de empréstimos pessoais, cheque especial e cartões de credito. Em maio desse ano refinanciei, paguei a primeira parcela, mas não tive condições de continuar honrando.Estou com 6 parcelas em atraso. Estou desempregado e não tenho renda para pagar as parcelas, mesmo que refinanciando novamente. Não tenho bens diretamente em meu nome, mas sou sócio quotista de uma empresa que foi constituída ha muitos anos atras onde estão todos os bens da família, incluindo um apto em SP, um sitio no interior e 3 carros. Sao bens que pertencem aos meus pais na realidade. Meu nome ja foi incluso no Serasa e SPC. Gostaria de saber sua opiniao se existe a possibilidade do banco entrar na justiça e vir a requerer as minhas cotas para pagamento da divida, ou mesmo penhora dos bens da empresa. Muito grato por sua atenção. Andre

  41. Fernando diz:

    Olá a alguns anos atrás acho que 2012 para ser especifico cometi a burrice de emprestar meu nome para um tio vagabundo e oportunista comprar um carro eu sei que sou um idiota por ter feito isso..Acontece que confiei que ele pagaria no fim ele pagou algumas parcelas e não pagou mais..Desde então recebo ligações e mensagens ameaçadoras de que vao bloquear minha conta..Acontece que tento de todo o jeito falar com o cretino pra devolver o carro dele não devolve..O carro esta no meu nome e tenho medo do que possa acontecer..Que risco eu corro nessa situação? O banco pode bloquear minha conta? Eu posso ir atrás do carro pra devolver ao banco? Não posso processar meu tio?

  42. kelvin lucas diz:

    Tenho uma divida de uma moto financiada no banco, foi pago a metade das prestacoes, porem fiquei sem ter como pagar o resto, e logo deu busca e apreensao, minha duvida e a seguinte posso pagar a divida toda e ficar novamente com a moto(retirar o gravame), pois a moto ainda nao foi levada.

  43. Juliana diz:

    Sou funcionaria publica municipal acabei de fazer um consignado de 13000. mas devido a um grave problema na familia terei q pedir demissao. Estou c medo pois vou pra outra cidade e dependerei de arranjar outro emprego para poder pagar as parcelas. o q pode acontecer se eu atrasar ou n conseguir pagar algumas parcelas?

  44. boa noite por favor me ajude estou desesperado..tenho uma divida de dois cartoes de credito dobanco itau no valor de 8mil…e um emprestimo feito pelo cartão de credito no banco santander de 20mil ja fas tres meses q não consigo onrar com as dividas estou desesperado pois financiei uma casa pela caixa para pagar em 30 ano ja fas ums 6 mese e estou pagando certinho a casa… e o pessoal dos bancos que devo disse q iriam penhorar tudo q estivesse no meu nome..mas eu tenho só a casa no nome….eu vou pagar a divida mais cada dia que passa a divida ta mais alta..estou desesperado por favor me de uma saida pois eu tenho em mente daqui ums dois anos temtar pagar esta divida pois agora não da não….obs::;eu recebo meu pagamento de 1600$$ no banco bradesco onde não devo nada estes bancos podem pegar meu pagamento????????????? obrigado…..

  45. Fabricio diz:

    Faz 1 ano q sou servidor público estadual, fiz um empréstimo consignado de 30.000,00 estou pensando seriamente em pedir exoneração do estado, não tenho nenhum bem em meu nome a não ser um carro de 8.000,00 e uma casa no nome da minha irma, diante desses fatos o que aconteceria com a minha vida financeira?

  46. Vanessa diz:

    Tive meu nome sujo por terceiros, n sabia q tinha um cartão de crédito no meu nome, descobri quando fui fazer um cartão de crédito e meu Cpf ta sujo, na hora eu quase surtei quando a atendente falou q eu estou devendo no banco do bradesco 1.674 n sei oq fazer alguém mim ajuda por favor.
    ——————————————————————————————————————-
    Vanessa,

    O seu caso é de polícia! Compareça em uma delegacia e formalize uma queixa crime contra este banco, ele é o responsável pelo fornecimento de produtos e serviços a terceiros com documentos falsos. – O fato seria flagrante suficiente para uma responsabilização por dano moral. – Procure um advogado. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  47. Alana Hannel Aguiar diz:

    Olá, fiz uma compra em um cartão de crédito do itau, no valor de 2 mil reais, então efetuei o pagamento de 650,00, porém fiquei desempregada e em 5 meses o valor foi para 3,800 reais, quando eles ligam eles alegam que são juros, mais em 5 meses a divida dobrou. O que posso fazer, isto está certo? Ah! Este é o valor pra quitação, caso eu queira parcelar o valor vai para 5,5 mil. Agradeço!

  48. Izaqueu diz:

    O consórcio liberou uma carta de crédito de 35mil pra mim sem minha autorização ou confirmação e muito menos sem assinar nem termo de contrato, eles ligaram e pediram se poderia fazer uma consulta, mais não disseram nada sobre libera isso no meu cpf, e como não fiz nenhum pagamento me retornaram e disseram que se eu não pagasse ia ter problemas com meu cpf. Eu posso processar eles e corre atrás do meu direito caso isso aconteça? Obrigado.

  49. simone santos diz:

    Boa tarde. Por favor preciso de uma orientação de vocês pois não sei mais o que fazer. Fiz um empréstimo pessoal no banco Bradesco de cinco mil reais paguei somente duas parcelas e depois por problemas financeiros não estou conseguindo quitar o restante. Eles podem penhorar algum bem meu? Sendo que quem possui um bem é o meu esposo que possui um carro antigo de 2006. Eles podem usar este carro para pagar a minha dívida já que sou casada em comunhão de bens? O que eles podem fazer comigo?
    ———————————————————————————————————————–
    Simone,

    Fique tranquila, o banco não vai penhorar o carro do seu marido, ele gosta é de dinheiro! Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

  50. rosangela diz:

    To devendo no bradesco nao conseguir pagar fiquei desempregada ja se passaram 5 anos vi que tiraram meu nome do spc mas recebi uma carta falando que poriam de novo eles podem fazer isso e eu posso encerrar a conta mesmo devendo?
    ————————————————————————————————————————-
    Rosangela,

    Banco é abusado mas não louco. Não vai colocar seu nome no Serasa pela mesma dívida após 5 anos. Não acredite, isso é balela! – E você pode encerrar sua conta corrente mesmo com débito, basta fazê-lo por escrito. Boa sorte.

    Assine a Petição:>> https://secure.avaaz.org/po/petition/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/?new

    Marcos Antonyo Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *