Carta Modelo>Revisão/Dívida com Empresa

                    São Paulo.SP, 05 de janeiro de 2013.

                    Casa Nacional Abc Eletrodomésticos S.A.

                    A/C Serviço de Atendimento ao Consumidor/Setor de Cobrança.

                    Prezado Senhor Diretor,

Eu Marcos Antonyo Lima, venho à presença de V. Sa. para expor e solicitar o que segue:

O fato que passo a relatar configura desrespeito ao direito fundamental do consumidor à informação, pelo qual V. Sa. é responsável em virtude de lei.

No dia 20 de junho de 2007, ao ser informado da existência de um débito frente a esta Empresa e do início dos procedimentos para sua cobrança, não me foi dado o conhecimento prévio da composição da dívida apresentada por V. Sa.

Sem estas informações não é possível verificar a procedência e a correção de tal dívida, além disso, a conduta está contrariando o disposto no Art. 6.º, III, do Código de Defesa do Consumidor.

Diante do exposto e do flagrante desrespeito à lei, solicito sua imediata providência para que sejam informados os valores, item por item, que compõem a dívida apresentada, tais como valor principal, multa de mora, juros de mora, correção monetária e outros eventuais acréscimos.

Dessa forma, fica a empresa notificada de que, na falta de solução para a presente reclamação no prazo de “dez” dias, a contar do recebimento desta, serão adotadas medidas administrativas e judiciais cabíveis.

                                                       Atenciosamente,

                                                       MARCOS ANTONYO LIMA

                                                       Av. Nacional, 9999 – Capital – SP

                                                       marcos@escravosdosbancos.com.br

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

4 respostas para Carta Modelo>Revisão/Dívida com Empresa

  1. Paulo Rogerio dos Santos diz:

    Tenho uma divida com o banco do brasil, a mais ou menos 4 anos, e nesse tempo fui ao banco para tentar negociar essa divida, so que me falaram que eu teria que procurar uma empresa que esta com a minha divida, entrei em contato com ela, so que eles querem que eu pague a divida no maximo em 5x, e eu nao tenho condicao, sendo que essa divida foi um emprestimo que fiz para pagar em 36x, so que fiquei desempregado logo em seguida. Me ajudam, dando-me algumas orientacoes, e eu passarei a colaborar com voces. Agradeco pela atencao dispensada. Obrigado, Paulo
    ——————————————————————————————————————————
    Paulo,

    Em uma relação de consumo quem manda é o consumidor. – Não aceite papo furado ou ameaça criminosa de cobrador de quinta categoria sem escrúpulos. – Faça uma proposta por escrito dentro da sua realidade financeira e brigue pela sua aprovação. – Lembre-se:-> A autonomia da sua vontade é lei. Boa sorte.

    Marcos Antonyo Lima

  2. BEATRIZ REGINA M,G, DOS SANTOS diz:

    ESTOU DESDE ABRIL/2014 TENTANDO NEGOCIAR O CHEQUE ESPECIAL, MAS O BANCO ESTA NEGANDO QUER QUE PAGUE TUDO, NÃO TENHO DINHEIRO, SÓ PARCELADO, ENQUANTO ISTO A DIVIDA ESTA SO AUMENTO, POIS É COBRADOS JUROS ABUSIVOS, JUROS SOBRE JUROS, A OUTRA É QUANDO FAÇO DEPOSITO PARA PAGAR OU ABATER OS JUROS, O BANCO COBRA UMA TAXA DE ADIANTAMENTO DE DEPOSITO, COMO DEVE PROCEDER, INCLUSIVE JÁ FIZERAM RESTRIÇÕES DO MEU NOME.DIGA URGENTE COMO PROCEDER OU ME INDIQUE UM PROFISSIONAL,RESIDO NO RIO DE JANEIRO.

  3. Caroline diz:

    Boa Tarde. Tenho uma duvida quanto ao LIS Itau. Sou cliente no Itau como Pessoa Física e Pessoa Jurídica. Na minha conta de Pessoa Jurídica ultilizei o Lis e pedi para a gerente da minha agencia parcelar o Lis, e ela disse que eu precisava justificar com o que gastei, e expliquei para ela alguns motivos imprevistos e ela disse que o banco recusou a proposta. Sendo que sempre ultilizei de Pessoa Fisica e conseguia parcelar normalmente sem justificativa. Como proceder com essa situação?

  4. djalma alcantara diz:

    devo o limite do ch especial e o banco esta enrolando para uma possivel negociaçao ja que recebo na agencia em questao tem como voltar a receber por cartao magnetico que no caso sera outro banco e assim por conseguinte tentar a negociaçao ja que os credito nao irao mas para eles .
    att obrigado djalma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *