Devo ao banco, o que devo fazer ?…

Tenho recebido muitas mensagens de pessoas que estão passando por dificuldades nas dividas com bancos e, por conta disso, ficam aflitas sem saber como lidar com a situação da falta de credito agravada pela novidade de ultrapassar os limites dos gastos gerados que surpreendeu a todos na pandemia.

O brasileiro tem fama de ser bom pagador, mas, ao se deparar com a primeira vez em situação de inadimplência com bancos e cartões de crédito, este fica desesperado ao receber cobradores à sua porta, com mensagens desagradáveis coercitivas. 

O consumidor bancário carece saber que deve pagar o que deve ao banco, porém, precisa saber também que “dever” para banco no Brasil, não é crime e, – existem muitos consumidores nesta situação, que são surpreendidos por motivos de força maior nas suas vidas, deixando a todos em condição de vulnerabilidade financeira já que várias razões contra sua vontade coloca o consumidor na grande maioria das vezes, – na condição de vitima no cenário de debito com banco. 

No entanto, o consumidor bancário precisa ficar tranquilo e nunca ficar desesperado e sempre deve buscar informações sobre os seus direitos diante da inadimplência e procurar uma maneira de aprender a negociar o valor devido com o banco, eliminando juros, acréscimos, encargos diversos e multas, para chegar a pagar um valor devido justo e de forma justa, agradando a todos e não somente ao banco.

Aqui no escravosdosbancos.com.br, existe muito material didático ao alcance de todos, inclusive modelos de cartas para dívidas e outras ações e neste caso, o devedor poderá optar em entregar uma carta ao banco, em duas vias, cobrando recibo, – solicitando a eliminação do inchaço abusivo da dívida e o parcelamento do valor principal devido de acordo com a realidade financeira mensal do solicitante.

Assine a Petição para Reforma do Sistema Financeiro Nacional Brasileiro:

https://secure.avaaz.org/po/community_petitions/Senhor_Presidente_da_Camara_dos_Deputados_Congresso_Nacional_Brasileiro_Proclamar_urgentemente_uma_reforma_no_Sistema_Fi/share/

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *