Utilização correta do cartão de crédito

Prezados Amigos Consumidores, se o seu cartão de crédito não for utilizado de forma controlada, pode se tornar um pesadelo por conta da cobrança de juros por atraso, dos juros de financiamento, além de multas e encargos diversos sentenciados pela administradora ao livre arbítrio – e o ideal, para você evitar aborrecimentos futuros, seria controlar os impulsos nos gastos e sempre pagar o valor integral da sua fatura na data de vencimento.

O problema é a rolagem da dívida, quando você paga apenas o mínimo necessário por mês e o valor dessa vai aumentando, com os juros de mora, por atraso e rotativo e ainda as multas decorrentes, disfarçadas de encargos.

“O consumidor deve pagar a fatura integralmente na data do vencimento e não pode deixar acumular a dívida do cartão de crédito, pois pode sofrer grandes prejuízos financeiros com os juros altos e sobrepostos” e para favorecer essa prática, deve adotar um auto-policiamento de conduta, que consiste em uma certa disciplina no consumo, para assim efetuar compras dentro do seu orçamento e realidade financeira e nunca sair comprando tudo que encontrar pela frente.

Cuidado, cartões de crédito são parentes próximos dos bancos e pagando a sua fatura sempre na data do vencimento você está livre de surpresas desagradáveis e lembre-se, você tem a possibilidade de acertar com sua administradora o melhor dia do mês para o pagamento dessa, e a prática do pagamento mínimo pode representar o início de uma grande dívida por causa da rolagem dos juros, multas e encargos.

Evite o uso do cartão de crédito para as operações que apresentam cobrança de juros, como parcelamento de compras, crédito rotativo e saque em dinheiro.

O crédito rotativo é aquele concedido pela administradora de cartão, para o pagamento do valor restante quando você não paga a fatura integralmente – e ao parcelar uma compra utilizando o cartão de crédito, você não deve acreditar que a venda está sendo realizada sem a cobrança de juros, pois, os mesmos já estão embutidos nos valores das parcelas e quando você paga apenas o mínimo da fatura, certamente pagará mais juros ainda, isso é, juro sobre juros.

Antes de parcelar uma compra com o cartão de crédito, você amigo consumidor, deve pesquisar o preço à vista, que geralmente vem descontado dos juros embutidos nas parcelas – e deve também, evitar o uso do seu cartão de crédito para sacar dinheiro, mas, se não for possível, pague esse empréstimo o quanto antes, para evitar a rolagem dessa dívida.

Você deve guardar todos os comprovantes de compras efetuadas e conferir sempre o extrato do seu cartão, pois com essa medida evitará aborrecimentos, como a cobrança por compras em duplicidade e/ou não realizadas, entre outros.

Reclamações sobre cartões de crédito deverão ser encaminhadas à Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça, ou às suas representações nos Estados, que são os postos de atendimento da Fundação Procon.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

7 respostas para Utilização correta do cartão de crédito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *