Carta Modelo>Revisão/Dívida com Banco

                             São Paulo.SP, 05 de Janeiro de 2020.

                             Banco Nacional Abc Bank S.A.

                             Agência Jardins.SP – Setor de Cobrança/Jurídico.

                             Prezados Senhores,

Eu, Marcos Antonyo Lima, Rg. 05.999.999.9, venho à presença de V. Sas. para expor e solicitar o que segue abaixo descrito:

O fato que passo a relatar configura desrespeito ao meu direito fundamental como consumidor à informação, pelo qual V. Sas. são responsáveis em virtude de lei.

No dia 25 de setembro de 2012, ao ser informado da existência de um débito frente a este Banco, Agência 999-9, Conta corrente 09-9.999.99-9 e do início dos procedimentos para sua cobrança, não me foi dado o conhecimento prévio da “composição da dívida” apresentada, esta que, já chegara a R$ 9.999,00, valor este, completamente distante do principal devido, que acrescidos de juros de mora e multas contratuais legais, não ultrapassaria o montante de R$ 1.999,00, nos dias que permaneceu em atraso.

Sem estas informações não é possível verificar a procedência e a correção dos cálculos efetuados. – Além disto, a conduta está contrariando o disposto no Art. 6.º, III, do Código de Defesa do Consumidor, dificultando conhecer a matemática que fez elevar em 90 dias uma divida de R$1.800,00 para o patamar de R$ 9.999,00.

Diante do aqui exposto e do flagrante desrespeito à lei, solicito suas imediatas providências para que sejam informados os valores, item por item, que compõem a dívida apresentada, tais como valor principal, multa de mora, juros de mora, correção monetária e outros eventuais acréscimos, desprezando adições abusivas, com a intenção de moldar o valor à minha realidade financeira e possibilidades.

Dessa forma, fica esta agência notificada de que, na falta de solução para a presente reclamação no prazo de “dez” dias, a contar do recebimento desta, não hesitarei em adotar medidas administrativas e judiciais cabíveis, que consistem em ingressar pelos caminhos da justiça, com uma ação de exibição de documentos, ou ainda, impetrar uma liminar junto ao Tribunal Regional competente.

                                                 Atenciosamente,

                                                 Marcos Antonyo Lima

                                                 Av. Nacional, 9999 – Capital.SP.

                                                 marcos@escravosdosbancos.com.br

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

27 respostas para Carta Modelo>Revisão/Dívida com Banco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *