Não quero mais receber ligações de telemarketing de bancos

Tem sido recorrente no Procon de São Paulo o incômodo abuso contra o cidadão consumidor por parte de bancos, administradas de cartões de crédito e empresas de telemarketing com ligações indesejáveis a qualquer momento no domicílio ou no trabalho, com o agravo da parte de algumas operadoras de telefones que utilizam do cadastro de seus clientes para enviar publicidade de produtos e serviços já pré-aprovados em parcerias com os bancos.   

Denuncie aqui – acesse o link abaixo do serviço-online do Procon.SP para não receber mais estas ligações: https://bloqueio.procon.sp.gov.br/#/

Conforme a Lei Estadual 17334/2021 fica instituído no âmbito do Estado de São Paulo o cadastro para bloqueio do recebimento de ligações telefônicas e ou SMS de bancos e de empresas de telemarketing buscando o titular da linha, terceiros ou a quem receber a ligação ou a mensagem pelo aparelho ou aplicativo, enviadas por bancos e empresas com sede ou domicilio em qualquer Estado Brasileiro que incorrerão pelas penalidades de forma solidária.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Uma resposta para Não quero mais receber ligações de telemarketing de bancos

  1. Marcos Antonyo diz:

    Nos últimos seis meses recebi mais que 31 mensagens indesejáveis no meu celular enviadas pelas empresas e datas abaixo:

    Cartão Carrefour
    08/09/2021, 09/09/2021.
    Cartão Itaú Samsung
    04/11/2021, 10/11/2021, 20/01/2022, 21/01/2022.
    Cartão Santander
    04/11/2021, 05/11/2021, 10/11/2021, 06/12/2021, 21/01/2022.
    Itaú Empréstimo
    11/07/2021
    ItauCard
    18/02/2022, 19/02/2022, 20/02/2022, 10/03/2022, 11/03/2022, 12/03/2022, 19/04/2022.
    Cartão C6 Bank
    19/01/2022, 22/01/2022, 29/01/2022, 01/02/2022, 07/02/2022, 18/02/2022, 03/03/2022, 05/04/2022, 05/04/2022, 06/04/2022, 07/04/2022, 09/04/2022, 18/04/2022.

    > Vale lembrar que nunca formalizei nenhum negócio ou assinei contrato e sequer disponibilizei meus telefones para qualquer uma destas empresas que, rotineiramente me enviam propagandas a maioria delas personalizadas.

    Marcos Antonyo Lima
    Editor/Redator/EscravosdosBancos.com.br

    ————————————————————————————————————————————–

    ….E, por traz do flagrante do abuso constrangedor de enviar mensagens indesejáveis ao consumidor, existe o agravante de os bancos utilizarem os dados de seus clientes e de não clientes para oferecer produtos e serviços abusivos já pré-aprovados para iludir e induzir clientes desavisados que, após caírem nas armadilhas entram em desgraça financeira com regras cruéis e absurdas que beneficiam somente o enriquecimento ilícito destes bancos.

    Estes bancos não se cansam em tentar fazer o consumidor de idiota e fazem chacota sobre a vulnerabilidade deste que é abandonado pelo Poder Público, existindo até um destes bancos, que também me enviam mensagens indesejáveis, que gasta milhões em campanha na tv para tentar convencer a opinião pública de que seria protetor dos dados dos clientes, prática esta que não passa de demagogia, pois, fala e divulga uma coisa, todavia, na prática engrossa seus abusos. – Um descaso!

    Marcos Antonyo Lima
    Editor/Redator/EscravosdosBancos.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *